Sasha e Gabigol

Gabigol e Sasha têm se revezado na função de ponta e de centroavante no time do Peixe (Foto: Ivan Storti/Santos)

Ana Canhedo
21/05/2018
07:30
São Paulo (SP)

Nos últimos jogos do Santos, o atacante Eduardo Sasha passou da ponta para a posição de centroavante. Depois da derrota para o São Paulo, no Morumbi, o camisa 27 disse não estar completamente à vontade na posição, que não exercia há algum tempo. Segundo ele, os atacantes do Peixe têm se desdobrado para ajudar o meio-campo a funcionar. A falta de um camisa 10 foi tema de reclamação do técnico Jair Ventura. 

- Como eu sempre disse, estou aqui para ajudar independente da função. Às vezes, a gente não está acostumado, porque não jogava na função faz tempo, mas vou sempre tentar fazer o meu melhor sempre - disse, e ponderou: 

- Acho que nos faltou mais objetividade, toques rápidos para sair da marcação deles. Nós tentamos nos revezar para fazer a função no meio do melhor jeito possível, mas, às vezes, não sai do jeito que a gente quer. Talvez por não termos as características, então agora é tentar suprir essa falta para conseguirmos buscar as vitórias. 

Com Alison e Renato como volantes durante a derrota, o incumbido de armar a equipe foi Vitor Bueno. O camisa 7 não conseguiu dar dinâmica ao time e o Santos, mais uma vez, sofreu com a falta de criatividade. Em determinado momento, até Rodrygo tentou fazer a função. 

- O momento é de abaixar a cabeça e assimilar as críticas, que se fazem necessárias - finalizou Sasha.