Jair Ventura

Jair Ventura deve estudar mudanças na equipe para jogo da Libertadores, na quinta-feira (Foto: Ivan Storti/Santos)

Ana Canhedo
21/05/2018
07:00
São Paulo (SP)

O Santos deve ter mudanças para enfrentar o Real Garcilaso, do Peru, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. O técnico Jair Ventura está incomodado com o rendimento do meio-campo alvinegro e muito provavelmente será obrigado a mexer no setor, já que Alison tem suspeita de lesão grave no joelho direito.

O atacante Bruno Henrique, em fase final de recuperação de lesão na coxa esquerda, está descartado para o jogo - ele já cumpriu a suspensão de cinco jogos imposta pela Conmebol e está liberado para atuar na competição continental. 

- Bruno Henrique volta a treinar com bola nesta semana, fica muito em cima, requer adaptação ao campo e companheiros. Infelizmente, não joga na quinta. Perdemos Arthur, agora o Alison. Perdemos mais dois agora. Vamos extraindo, tirando o máximo para alcançar nossos objetivos, mesmo sem ser fácil - havia ponderado o treinador, durante entrevista coletiva. 

Arthur Gomes tem uma entorse no tornozelo esquerdo e também dificilmente estará em campo na quinta, embora o problema não seja grave. Já Léo Cittadini tem a mesma lesão, mas no tornozelo direito. O meia está em fase final de recuperação e, caso esteja em condições, deve ser titular contra e equipe peruana. 

Se contra o São Paulo Jean Mota entrou no segundo tempo, de acordo com Jair, por estar desgastado, pela lógica deve retornar ao time titular. Sem Alison, Yuri e Renato competem pela vaga, embora o camisa 8, de 39 anos, esteja mais acostumado a atuar como segundo e não primeiro volante.