Rodrigão pode voltar aos gramados para enfrentar o Atlético-MG

Rodrigão fez quatro gols pelo Bahia em 14 jogos (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Russel Dias
29/10/2017
08:00
Santos (SP)

O Santos terá mais um atacante em seus próximos treinos, mas não poderá utilizá-lo na reta final do Campeonato Brasileiro. Rodrigão, que estava emprestado ao Bahia até o fim da temporada, teve seu retorno antecipado, pois o Tricolor baiano o devolveu por questões de indisciplina.

Como já fez mais do que sete jogos no Campeonato Brasileiro, não poderá ser utilizado pelo Peixe na reta final do Brasileirão. No entanto, mesmo com problemas extra-campo em Salvador, o centroavante pode ter uma segunda chance na Vila Belmiro.

A atual diretoria, que busca reeleição no pleito do dia 9 de dezembro, pretende contar com Rodrigão na próxima temporada e deixá-lo como uma opção à comissão técnica.

Vale lembrar que o atual titular da posição, Ricardo Oliveira, tem contrato até o dia 31 de dezembro e não renovou seu contrato ainda, tendo chances de deixar o clube. Seu reserva, Kayke, não terá o empréstimo prorrogado e deixa o Peixe no fim da temporada. Nilmar trata depressão e tem retorno indefinido.

Sendo assim, Rodrigão é uma das poucas garantias do clube para 2018. O Santos deve antecipar a promoção do jovem Yuri Alberto, da categoria sub-17, para o fim deste ano. A ideia era que isso ocorresse só no ano que vem, após a disputa da Copa São Paulo.

Pelo Bahia, Rodrigão disputou 14 partidas, marcou cinco gols e deu duas assistências.