HOME - Treino do Santos - Ricardo Oliveira (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)

Ricardo Oliveira tem contrato com o Santos até 31 de dezembro de 2017 (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)

LANCE!
04/03/2016
13:58
Santos (SP)

Ricardo Oliveira se poupou durante toda a negociação com o Beijing Guoan, da China, que lhe fez uma proposta de R$ 50 milhões para jogar por dois anos na Ásia. Agora, em entrevista pela primeira vez após as tratativas, o atacante do Santos não se intimidou e não escondeu que ficou triste com o desfecho da negociação, que resultou na sua permanência na Vila Belmiro por causa do próprio Peixe.

No entanto, o camisa 9 da Seleção Brasileira foi enfático ao falar e fez questão de deixar claro para a torcida santista que seu comprometimento será o mesmo.

- Fiquei triste. Gostaria que as coisas tivessem caminhado de outra maneira? Sim. Mas passou. Não posso lamentar. Não vou jamais me resguardar. Não vou deixar de correr. Nunca vou fazer corpo mole. Tenho contrato até 2017 e vamos cumprir - disse o centroavante.

Oliveira ainda fez questão de deixar claro, por meio do canal oficial do Alvinegro, a Santos TV, por que ele queria ter ido jogar no Beinjing Guoan, time que conta com Renato Augusto e Ralf.

- Vi uma possibilidade enorme de deixar no clube um valor que não se esperava. Porque, de fato, jogador passa dos 30 anos e perde valor. Não se compra mais. E eu cheguei com 34 anos. Vendo todas as situações, o que eu abri mão, vi uma possibilidade muito boa financeiramente, para minha família, e oportunidade extremamente boa para a instituição - explicou.

Ao Santos, o Beijing Guoan ofereceu 4 milhões de euros (R$ 16 milhões) parcelados em duas vezes, o que foi rejeitado.