Ricardo Oliveira

O último jogo de Ricardo Oliveira pelo Santos foi a decisão do Paulista (FOTO: Ivan Storti)

Léo Saueia e Russel Dias
17/06/2016
14:09
Santos (SP)

Após um mês e meio tratando de inflamação no joelho direito, o atacante Ricardo Oliveira está finalmente próximo de seu retorno ao Santos. O camisa 9 passou as últimas semanas realizando trabalhos na fisioterapia e na academia, com objetivo de fortalecer a musculatura e evitar nova inflamação.

Em evento realizado na tarde desta sexta-feira no Museu Pelé, o artilheiro revelou que já deve ir a campo e realizar trabalho com os companheiros de equipe na próxima semana, mas destacou que ainda é preciso cautela e paciência para não acelerar a recuperação e causar nova lesão.

- Fiquei um período na casinha, sofrendo, evitando até ir ao campo para falar com amigos. Mas graças a Deus, vocês ficaram sabendo que o joelho respondeu bem, comecei a correr, essa transição agora requer paciência para que não seja acelerada. Não tem mais fisioterapia. É musculação e campo. Comecei a correr e potencializar a musculatura. Acredito que na semana que vem devo ir a campo fazer trabalhos normais - destacou.

Mesmo com a recuperação em fase final, Ricardo Oliveira preferiu não precisar uma data para retornar a uma partida oficial com a camisa do Peixe e deixou a decisão nas mãos da comissão técnica.

- Não posso dizer, depende dos trabalhos físicos, Vou ter que fazer preparação a parte, mas isso é o de menos. Minha capacidade física sempre foi boa, tenho potencializado a parte física e aeróbica. Quando for a campo, vai facilitar, mas não dá pra ter um número exato de quanto tempo vai precisar. Depende de como a comissão técnica vai avaliar- explicou. 

Por fim, o centroavante ainda falou sobre seu futuro. Apesar de todas as especulações que envolvem seu nome, principalmente após o fracasso da negociação com o futebol chinês no meio do ano, Oliveira afirmou que ainda não existem conversas em andamento e disse estar 100% focado no clube.

- Eu particularmente não gosto de falar de especulações. Gera no torcedor uma ansiedade e às vezes o torcedor vai tomar uma decisão de forma errada devido aquilo que ele ouviu. E não tem nada. São especulações que surgem que a gente não consegue evitar. Você garante que vai sair? Não. E também não garanto que vou permanecer. Mas não abri negociação, são especulações que as pessoas vão falando, isso foge do meu controle. O que o torcedor pode ficar tranquilo é que estou completamente envolvido com o clube e focado na minha recuperação para poder voltar e ajudar meus companheiros e o clube que me deu essa oportunidade. Quanto a isso, o torcedor pode ficar tranquilo.