Luis Alvaro Oliveira Ribeiro (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

Luis Alvaro Oliveira Ribeiro  presidiu o Santos por quase cinco anos (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

LANCE!
16/08/2016
09:42
São Paulo (SP)

Morreu no início da madrugada desta terça-feira Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente dos Santos entre 2009 e 2014. O empresário estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um tumor maligno, mas não resistiu e faleceu aos 73 anos de idade. Ainda não há informações sobre o velório e enterro do corpo de Laor, como era conhecido pelos amigos e família.

Em nota, o Peixe lamentou a morte de seu ex-mandatário e decretou luto oficial de três dias:

"O Santos FC lamenta o falecimento do seu ex-presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que tinha 73 anos. Ele foi presidente entre dezembro de 2009 e maio de 2014. O Clube decretou luto oficial de três dias".

Durante a gestão de Laor, que durou pouco menos de cinco anos, o clube da Vila Belmiro conheceu um dos períodos mais vitoriosos de sua história recente. Comandada por Neymar, a equipe levou o tricampeonato Paulista (2010, 2011 e 2012), a Copa do Brasil (2010), a Recopa Sul-Americana (2012) e a Copa Libertadores da América em 2011 - este último um título que o Peixe não obtinha desde a Era Pelé. Além disso, ficou conhecida pelo futebol ofensivo apresentado diante dos adversários.

No fim de 2012, porém, Luis Álvaro deixou provisoriamente o comando do Peixe para cuidar da saúde. Na época, foi diagnosticado com problemas respiratórios e teve dificuldades para continuar exercendo suas funções no clube da Vila Belmiro. Poucos meses depois, em agosto do ano seguinte, seus médicos o obrigaram a se afastar mais uma vez. Em 2014, renunciou ao cargo de presidente de Santos pelos mesmos problemas que o afetavam há mais de dois anos e foi substituído pelo vice Odílio Rodrigues.