Russel Dias
27/06/2016
16:07
Santos (SP)

Lucas Lima parece não estar decidido sobre o que quer para seu futuro. O meia está feliz com o momento vivido no Santos, atual terceiro colocado do Brasileirão, mas fala a todo instante sobre o desejo de jogar na Europa, como fez nesta segunda-feira, em entrevista coletiva. A questão é: quando?

Recentemente, um de seus representantes, Wagner Ribeiro, disse concordar com a ideia da diretoria do Peixe de que o meia cumpra seu contrato na Vila Belmiro até 31 de dezembro de 2017, quando acaba o vínculo. Desta vez, o camisa 20 deu seus motivos:

- Eu tenho desejo de sair, sim, mas se não acontecer, eu fico até o fim do meu contrato. Sem dúvida vai ser o melhor para mim, porque saio livre. É isso. No futebol, tudo pode acontecer, mas é uma possibilidade, sim, porque se ver bem, eu vou ganhar muito mais. Poucas pessoas veem isso, que eu posso ficar até o fim do meu contrato e ganhar mais - explicou no CT Rei Pelé, nesta segunda, após a vitória santista sobre o São Paulo, por 3 a 0, no Pacaembu.

Após o clássico contra o São Paulo, Lucas Lima revelou que recebeu uma sondagem do Zenit, da Rússia, e que até conversou com o brasileiro Hulk, que joga na equipe, para ter mais informações. Sobre isso, o meia da Seleção Brasileira disse que a conversa foi antes de saber do interesse dos russos.

- Minha conversa com o Hulk foi normal. Nem sabia do interesse do Zenit, fiquei sabendo há três dias. Tem que deixar isso bem claro, porque tem gente que acha que eu perguntei por causa do interesse. Mas não. Foi uma conversa normal. Conversei com o Filipe Luis,  Marquinhos. E eles sempre falam como é lá na Europa - disse.

Da Europa, Lucas Lima já recebeu ofertas do Napoli, da Itália, e do Porto, mas recusou todas. Já da China, teve uma proposta salarial de R$ 4 milhões, do Fortune Hebei, também rejeitada.

O Santos tem 10% dos direitos de Lucas Lima, enquanto a Khoddor Soccer tem outros 10%. O Doyen Sports é dono de 80%.

Confira outras respostas de Lucas Lima:

E o aumento que o presidente te prometeu?

Nem lembrava! Estou tranquilo quanto a isso. O Modesto é meu parça (parceiro).

O Dorival já conversou com você sobre sair ou ficar?

Não conversamos ainda sobre isso. No começo do ano ele me perguntou se eu sairia e eu dei minha palavra de que ficaria. Se aparecer algo, vou falar com ele. Tenho um carinho muito grande pelo Dorival.

A que você credita a boa fase do Santos?

Conseguimos manter o treinador, o padrão de jogo. Ele melhorou ainda mais nossa equipe, tem conseguido melhorar. Estamos ficando muito com a bola. Nosso time era mais rápido e ficava menos com a bola. Agora, somos rápidos e ficamos com a bola ao mesmo tempo.