Léo Saueia
03/01/2017
14:35
São Paulo (SP) 

Com dificuldades para repatriar os ex-Meninos da Vila Robinho e Gabigol, o Santos decidiu partir para outras opções no mercado para reforçar o ataque de 2017. Além de Clayton, do Atlético-MG, o clube já negocia também com Bruno Henrique, atacante do Wolfsburg (ALE).

O jogador, que agrada ao técnico Dorival Júnior, chegou a negociar com o Peixe no final de 2015, quando ainda pertencia ao Goiás. Bruno Henrique, contudo, optou pela oportunidade de atuar na Europa e as tratativas com o Peixe não evoluíram à época.

Atualmente na reserva do clube alemão, o atacante de 26 anos já discute a possibilidade de se transferir à Vila Belmiro e disputar a Libertadores. O Santos não designou nenhum representante nesta negociação e trata diretamente com o Wolfsburg e com o estafe do jovem atacante.

Apesar de ser opção no banco, Bruno Henrique tem tido oportunidades ao longo das partidas, sendo constantemente utilizado pelo treinador. Com isso, um empréstimo dificilmente seria a solução. Com dinheiro em caixa, o Santos se dispõe a negociar valores e aceita investir na contratação em definitivo.

Para o ataque, Dorival Júnior conta, a princípio, com Copete, Ricardo Oliveira, Vladimir Hernández, Rodrigão e Arthur Gomes. Além destes, o Peixe tentou contratar Cazares, Robinho, Marinho e Gabigol, e ainda negocia com Clayton e Luis Fabiano.