Coritiba x Santos (Foto: Guilherme Artigas/Lancepress!)

Capitão na derrota, Werley lamentou a bobeira dada pela zaga santista (Foto: Guilherme Artigas/Lancepress!)

LANCE!
22/11/2015
22:24
São Paulo (SP) 

Capitão do Santos na derrota para o Coritiba neste domingo, no Couto Pereira, em Curitiba, o zagueiro Werley citou o duelo como parelho e creditou o revés às condições ruins do gramado do estádio, encharcado pela chuva na cidade paranaense. 

- Foi um jogo muito igual, de disputa. Principalmente no segundo tempo, tivemos algumas oportunidades. Eles tiveram uma só, situação difícil de marcar para nós zagueiros, com a chuva e o campo molhado. Suportamos o quanto deu - lamentou o camisa 2. 

Também titular no confronto deste domingo, o lateral-esquerdo Chiquinho seguiu as palavras do companheiro e creditou a derrota às péssimas condições do terreno de jogo, destacando o esforço do elenco. 

- Lutamos até o fim e a vitória não veio. Não vou chamar de risco escalar os reservas, porque o Santos tem um grupo capaz de alcançar os objetivos, mas não foi possível. Tomamos um gol de bobeira ali, não costuma acontecer, mas dessa vez aconteceu. Não tem nada perdido - completou. 

Assim como o restante do elenco, os dois já estão pensando na grande decisão da Copa do Brasil, contra o Palmeiras. O primeiro jogo acontece nesta quarta-feira, às 22h, na Vila Belmiro. 

- É preciso manter vivo nosso objetivo de chegar à Libertadores - finalizou Werley.