Dorival Júnior - Santos

Dorival Júnior comanda o Peixe desde setembro no ano passado (Foto: Ricardo Saibun / Santos FC)

LANCE!
04/03/2016
16:42
Santos (SP)

A semana não foi calma para o Santos. O clube teve que lidar com boatos sobre sondagem a outro técnico, com notícia de atraso de direito de imagem e com resquícios da negociação de Ricardo Oliveira com a China.  Nesta sexta-feira, Dorival Júnior deu uma entrevista coletiva e tentou esclarecer todos os pontos.

Segundo ele, todas as questões levantadas ficaram fora do clube e não afetaram os jogadores.

- Existe muita maldade. É coisa do futebol rasteiro. Ser humano é assim, uns querem aparecer mais que os outros. Quem não está dentro quer estar. Ouve-se quem está fora. São coisas criadas de fora para dentro. A reunião do presidente nem foi programada - aponta.

- Sabe o que eu vejo? Muito tumulto extracampo. Você sabem do que eu estou falando. São pessoas que não tem interesse que as coisas fluam. Se tivesse realmente ocorrendo um problema, teríamos um problema. Não vou nem tentar camuflar uma situação que não é o caso. Desde quando cheguei aqui, é o mesmo ambiente. Temos o mesmo sistema de trabalho, a mesma condição. Os jogadores estão focados e preparados. Se tivesse realmente um problema, eu falaria - acrescentou.

Nesta sexta, o Santos divulgou um comunicado afirmando que quitou os atrasos. Sobre suposta procura por Vagner Mancini, técnico do Vitória, o clube negou qualquer contato.