Santos x Corinthians
LANCE!
06/03/2016
19:00
Santos (SP)

Depois de uma semana turbulenta por conta de atraso no pagamento de direito de imagem dos atletas e indisposição de alguns deles com membros da diretoria do clube, o Santos mostrou que deixou os problemas no passado e conquistou a vitória no clássico com o Corinthians por 2 a 0.

De acordo com o técnico Dorival Júnior, melhor que vencer para manter o bom ambiente no clube, foi a maneira com que a vitória veio. Para o comandante, a substituição dos "chutões" pela troca de passes foi o grande diferencial do Peixe no clássico deste domingo. O exemplo usado foi o primeiro gol, quando a bola foi trabalhada desde o goleiro Vanderlei até chegar no centroavante Ricardo Oliveira.

- Resultado seria fundamental que acontecesse, pelo momento, por tudo aquilo que o campeonato exige. Fiquei muito feliz com o primeiro gol: trabalho de troca de passes primeiro, depois a quebra da primeira linha com passe do Renato, aceleração da jogada, inversão. Aquilo que mais ou menos trabalhamos ao longo da semana. Fundamental voltar a atravessar essa bolas como no ano passado, pela velocidade que alcançávamos. Vai chegar um momento em que isso (chutões) não vai mais existir - elogiou Dorival.

O ambiente pesado na última semana no CT Rei Pelé se deve muito à negociação frustrada de Ricardo Oliveira com a China, já que jogadores saíram em defesa do camisa 9 e cobraram aumento salarial a ele. Entretanto, Ricardo Oliveira deixou todos os rumores de lado e mostrou que ainda sabe marcar gols. 

Autor dos dois gols do Santos no clássico sobre o arquirrival Corinthians, o centroavante e capitão da equipe de Dorival Júnior recebeu elogios. O comandante reconheceu o 'desequilíbrio' emocional ao longo da semana, mas garantiu que seu principal artilheiro está concentrado e com a cabeça no Peixe.

- Ricardo Oliveira não precisa dar resposta a ninguém. Torcida conhece as qualidades e o profissionalismo. Semana que teve foi natural um desequilíbrio. Lamento aquela situação criada em torno da saída ou não do Ricardo, ambiente deturpado, e nada disso aconteceu. Fico feliz pelos gols, mas principalmente pela atuação. Ele, concentrado, produz muito e faz a equipe produzir - enalteceu.