Alexandre Guariglia
12/03/2016
20:49
São Paulo (SP)

Com boas atuações em todos os setores, o Santos conquistou mais uma vitória ao bater o Água Santa por 1 a 0, neste sábado, no Pacaembu. Destaques para Rafael Longuine, Victor Ferraz e Gabigol. Confira as notas do LANCE!:

SANTOS

6,5
Vanderlei

Pouco trabalho, foi auxiliado pela firmeza de sua zaga e pela ineficiência do ataque adversário. Salvou quando foi preciso.

7,0
Victor Ferraz

Teve espaço para atacar e aproveitou ao máximo. Participou de muitas jogadas de ultrapassagem e deu assistência.

6,5
Lucas Veríssimo

Sem brincadeira, afastou e antecipou, tanto de cabeça quanto com o pé, a maioria das bolas que chegaram na área.

6,5
Gustavo Henrique

Enquanto o companheiro fez a "limpeza", ele tratou de fazer os desarmes mais finos e saiu para o jogo quando necessário.

6,0
Zeca

Foi menos ao ataque do que Victor Ferraz, apesar de ter tido espaço. Na defesa, mostrou a segurança de sempre.

6,5
Renato

Nos momentos de pressão no ataque, organizou o time como um meia. Atrás, bem posicionado, não teve problemas.

6,5
Thiago Maia

Teve liberdade para ir ao ataque com suas transições em velocidade. Sem maiores dificuldades na marcação.

7,0
Rafael Longuine

Teve missão difícil ao substituir Lucas Lima, mas cumpriu o seu papel. Fez o gol e distribuiu bem as jogadas no ataque.

6,0
Serginho

Mesmo que não tenha aparecido muito, foi importante taticamente para o esquema de Dorival Junior.

7,0
Gabigol

Assumiu o protagonismo das jogadas de efeito e dribles. A maioria delas levou perigo ao gol adversário.

6,0
Ricardo Oliveira

Apareceu pouco no jogo, mas atraiu a marcação e abriu espaços para os seus companheiros jogarem no ataque.

5,5
Paulinho

Substituiu Serginho e foi mais participativo que o companheiro, no entanto perdeu muitas oportunidades;

5,5
Joel

Entrou no lugar de Gabigol, mas não conseguiu manter o nível de atuação do jovem santista. Discreto.

5,5
Ronaldo Mendes

Mais um jogador que entrou e pouco foi notado na segunda etapa. Ficou 15 minutos em campo no lugar de Longuine e só.

7,0
Téc: Dorival Júnior

Time não parou de pressionar durante todo o jogo, mesmo com a forte marcação adversária. Não tem medo de atacar.

Campeonato Paulista - Santos x Aguá Santa (foto:Mauro Horita/LANCE!Press)
Jogadores festejam o gol (foto:Mauro Horita/LANCE!Press)

ÁGUA SANTA

7,0
Richard

Impediu uma derrota maior de seu time ao fazer defesas salvadoras.

4,5
Jonathan

Deixou muito espaço na defesa e foi pouco eficiente no ataque.

5,5
Gustavo

Foi bastante acionado, jogou simples, mas não impediu a derrota.

5,0
Eli Sabiá

Teve a infelicidade de desviar a bola no lance do gol santista.

4,5
Bruno Ré

Deixou uma ‘avenida’ para Victor Ferraz jogar em suas costas.

4,0
André Rocha

Bateu demais, levou dois amarelos e acabou sendo expulso.

5,5
Sérgio Manoel

Se esforçou na saída de bola, mas pecou na marcação.

4,5
Francisco Alex

Era para ser o cérebro do time, porém saiu no intervalo.

5,5
Éder Loko

Arriscou chutes e jogadas, sem sucesso. Ajudou na marcação

6,0
Rafael Santiago

Batalhou e criou boas chances, quase marcou o seu.

6,0
Everaldo

Outro que brigou muito e parou na bem postada defesa do Santos.

6,0
Guina

Entrou para reforçar a marcação nas laterais e cumpriu bem.

5,5
Augusto

Entrou após a expulsão de André Rocha e fechou ainda mais a defesa.

5,0
Rafael Martins

Menos eficiente que seus companheiros, apareceu pouco.

5,0
Téc: Márcio Ribeiro

Recuou muito o time desde o início e foi bastante pressionado.