RADAR/LANCE!
11/10/2016
17:34
Recife (PE)

A Polícia Civil de Recife realizou na manhã desta terça-feira a Operação Cartão Vermelho, que tinha como objetivo cumprir 15 mandados de prisão de integrantes de uma torcida organizada do Santa Cruz, a Inferno Coral. Eles participaram de uma confusão no metrô e são acusados de promover tumulto, praticar ou incitar a violência, rixa, lesão corporal grave, roubo, associação criminosa e tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Os policiais também realizaram mandados de busca e apreensão em 18 lugares, inclusive na sede da torcida, e prenderam uma pessoa em flagrante com posse de arma de fogo. Outras sete que estavam com os detidos serão ouvidas e liberadas em seguida. Sérgio Ricardo, diretor de operações da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) detalhou a situação:

- Foi um fato que aconteceu na estação do metrô em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, onde vários criminosos agrediram dois torcedores. Todas essas pessoas estão ligadas direta ou indiretamente à torcida Inferno Coral e todos eles foram presos porque foi constatado através de imagens que eles praticaram esses crimes.

A operação envolveu 140 policiais civis e foi realizada de forma pacífica. Ainda segundo Sérgio Ricardo, todos foram presos, alguns no interior da residência e outros na sede da torcida. As investigações vem acontecendo desde maio e foram comandadas por Paulo Morais, da Delegacia de Polícia de Repressão a Intolerância Esportiva (DPRIE).