Portuguesa perdeu mais uma e se aproximou da Série D

Portuguesa perdeu mais uma e se aproximou da Série D

LANCE!
04/09/2016
19:48
São Paulo(SP)

Após a derrota da Portuguesa por 2 a 0 para o Boa Esporte, na manhã deste domingo, no Canindé, parte da torcida entoou gritos ofensivos e até partiu para a violência.

O carro do volante Mateus foi atingido por uma pedra que amassou parte do capô, no estacionamento do estádio.  De acordo com reportagem da ESPN,  o local do estacionamento do carro é privado a funcionários e jogadores. Assim, a pedra teria sido arremessada pelo lado de fora, por cima do muro. Não há informações de quem jogou a pedra. 

Ao mesmo tempo, perto dali, um grupo de torcedores se reuniu para protestar contra a situação da Lusa, que está a um passo da Série D. 

 - Raça, c.., a Lusa é tradição - gritavam os torcedores.

Mateus, que estava dentro do vestiário quando a confusão ocorreu, só soube do dano quase meia hora depois, avisado por um colega de equipe. Transtornado com o fato, ele saiu rapidamente para observar a gravidade do problema, reclamando bastante. "É brincadeira isso", bradou o meio-campista, inconformado com a cena que acabara de ver.

Questionado se gostaria de dar entrevista para comentar o caso, Mateus disse que preferia não falar. Sentado em um dos bancos ao redor do vestiário, ele foi consolado por alguns companheiros do elenco e funcionários. O clima no local, como poderia se esperar, estava carregado de caras tristes e pouquíssimas palavras.

Com apenas 11 pontos conquistados em 16 jogos disputados, a Lusa está quatro pontos atrás do Macaé, primeiro time fora da zona de rebaixamento, e pode entrar em campo na próxima rodada já rebaixada. O rival fluminense visita o Juventude, às 11h (de Brasília) do domingo e, se ganhar, não poderá mais ser alcançado pelos paulistas, que enfrentam o Guaratinguetá, às 18h30 do mesmo dia, no Canindé.