Lucas Barrios e Edu Dracena correm na Academia (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Lucas Barrios e Edu Dracena correm na Academia (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
06/06/2016
08:00
São Paulo (SP)

Campeão brasileiro pelo Corinthians no ano passado, Edu Dracena pode retornar ao time titular do Palmeiras justamente no Dérbi do próximo domingo. O zagueiro de 34 anos está recuperado de lesão na coxa direita e é uma das alternativas para substituir Vitor Hugo, titular em 28 dos 31 jogos desta temporada, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo.

- Lamentamos o Vitor Hugo tomar o terceiro cartão. A gente tem que preparar o time para o clássico e ver o que de melhor a gente faz - disse Cuca, sem entrar em detalhes sobre o que pretende fazer.

O Palmeiras confirmou a lesão de Edu Dracena no dia 13 de maio, durante a pequena pré-temporada que o clube fez entre o fim do Paulista e da Libertadores e o início do Brasileirão. Ele voltou a treinar com bola na semana passada e não foi relacionado para pegar o Flamengo, mas estará disponível para o clássico. Roger Carvalho, Fabiano e Thiago Santos (improvisado) são as outras opções para a vaga de Vitor Hugo. Thiago Martins deve ser mantido no time titular.

Outros dois jogadores devem estar prontos para o jogo de domingo, no Allianz Parque: o lateral-esquerdo Egídio, que não atuou os últimos três jogos por causa de uma pancada na coxa direita, e o atacante Lucas Barrios, que ficou fora das últimas cinco partidas devido a uma lesão na panturrilha direita.

Barrios está na mesma condição de Dracena: foi liberado na última semana para os treinos com bola, mas não viajou a Brasília para enfrentar o Flamengo. Sem ele, Cuca tem alternado entre Alecsandro e Róger Guedes. Quando opta por este segundo, como ocorreu diante dos rubro-negros, Gabriel Jesus se posiciona como centroavante.

Egídio, por sua vez, não foi ao gramado nos últimos dias. A pancada que ele levou do zagueiro Gum, do Fluminense, foi tão forte que lesionou o músculo da coxa. Zé Roberto foi o escolhido para atuar na lateral contra São Paulo e Grêmio, enquanto Fabrício atuou contra o Flamengo.