Fernando Prass

Fernando Prass acredita estar no nível da Seleção Brasileira (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

LANCE!
30/05/2016
20:08

''Sou sub-23, né?". Aos risos, Fernando Prass respondeu pergunta sobre suas esperanças de ser convocado à disputa das Olimpíadas para uma das vagas de veterano. Aos 37 anos, o goleiro palmeirense descartou qualquer expectativa de ser chamado para defender o Brasil em tal competição, mas afirmou que ainda se vê no nível da Seleção Brasileira, pronto para corresponder em caso de convocação.

- Não tenho esperanças de ir, não. Sobre Seleção no geral, sendo titular do Palmeiras, clube grande como é... É questão de preferência do treinador. Uma série de critérios individuais. Eu me considero no grupo de bons goleiros, que têm condições de ser chamados, sim - disse, durante entrevista coletiva no fim da tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol.

- Não me surpreenderia se eu passasse dos 40 anos jogando tranquilamente. Eu pensava que com 36 não estaria mais tão bem. Meus testes estão no mesmo nível do Vagner, do Vinícius (Silvestre), dos meninos. Enquanto a cabeça estiver bem, o corpo vai - completou.

Dilema
O jovem Gabriel Jesus, por sua vez, está prestes a ser chamado por Dunga para defender a Seleção na Copa América. A convocação, porém, ainda depende de um corte no grupo que disputará o torneio nos Estados Unidos de 3 a 26 de junho. Dividido, Prass torce pelo garoto, mas sabe que isso implicará em desfalque sério para o Palmeiras.

- Pela entrevista que o Dunga deu, falando que era um jogador sem documentação, um atacante... Tudo leva a crer que seria o Gabriel. Não sabemos se vai ter outro corte. Ele cortou um cara de lado de campo (Douglas Costa) e chamou um meia, o Kaká, e agora pode inverter. Ficamos divididos. Torcemos para ele ser convocado e também para ficar. O que der vamos comemorar - finalizou.