icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
00:17

Depois de marcar dois gols, dar uma assistência para Barrios e ainda causar a expulsão do zagueiro Bruno Rodrigo na vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro, por 3 a 2, no jogo que colocou o Verdão nas quarta de final da Copa do Brasil, o jovem Gabriel Jesus avisou que está pronto para continuar na equipe titular. E ele ainda explicou porque teve tanta calma na frente de Fábio para deixá-lo no chão antes de marcar o terceiro gol alviverde no Mineirão, o mais bonito da noite.

- Eu vinha trabalhando forte, diariamente, esperando a oportunidade. O professor Marcelo confiou em mim e eu entrei calmo, meus companheiros me deixaram bem calmo. É da minha característica, cara a cara com o goleiro eu sou bem calmo e consigo finalizar friamente - disse o camisa 33, de 18 anos.

- Venho trabalhando e estou aí para quando o professor Marcelo quiser e precisar - acrescentou o garoto.

Maior promessa das categorias de base nos últimos anos, Gabriel Jesus tem apenas 16 jogos como profissional do Palmeiras, sendo três como titular. Com os dois gols desta quarta-feira, ele agora tem três na temporada - o outro foi na vitória por 1 a 0 sobre o ASA, também na Copa do Brasil.

O garoto foi escalado como titular na vaga de Rafael Marques. As outras mudanças de Marcelo Oliveira para esta partida foram as entradas de João Pedro e Robinho nas vagas que vinham sendo de Lucas e Andrei Girotto.


Depois de marcar dois gols, dar uma assistência para Barrios e ainda causar a expulsão do zagueiro Bruno Rodrigo na vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro, por 3 a 2, no jogo que colocou o Verdão nas quarta de final da Copa do Brasil, o jovem Gabriel Jesus avisou que está pronto para continuar na equipe titular. E ele ainda explicou porque teve tanta calma na frente de Fábio para deixá-lo no chão antes de marcar o terceiro gol alviverde no Mineirão, o mais bonito da noite.

- Eu vinha trabalhando forte, diariamente, esperando a oportunidade. O professor Marcelo confiou em mim e eu entrei calmo, meus companheiros me deixaram bem calmo. É da minha característica, cara a cara com o goleiro eu sou bem calmo e consigo finalizar friamente - disse o camisa 33, de 18 anos.

- Venho trabalhando e estou aí para quando o professor Marcelo quiser e precisar - acrescentou o garoto.

Maior promessa das categorias de base nos últimos anos, Gabriel Jesus tem apenas 16 jogos como profissional do Palmeiras, sendo três como titular. Com os dois gols desta quarta-feira, ele agora tem três na temporada - o outro foi na vitória por 1 a 0 sobre o ASA, também na Copa do Brasil.

O garoto foi escalado como titular na vaga de Rafael Marques. As outras mudanças de Marcelo Oliveira para esta partida foram as entradas de João Pedro e Robinho nas vagas que vinham sendo de Lucas e Andrei Girotto.