LANCE!
05/02/2017
20:17
São Paulo (SP)

"O bagulho é doido. Felipe Melo, pitbull, cachorro louco". A canção criada pelos torcedores do Palmeiras parece ter motivado o volante na vitória sobre o Botafogo-SP, na estreia do Campeonato Paulista. Polêmico, o jogador protagonizou discussões acaloradas com o lateral-direito Samuel Santos e inflamou a torcida.

Atleta mais faltoso da partida, com quatro infrações (segundo o Footstats) - Felipe Melo se desentendeu com lateral depois que ele foi cobrá-lo por ter cometido a falta. Com os ânimos ainda quentes, ambos voltaram para o segundo tempo e continuaram a troca de farpas. Samuel tentou chapelar o palmeirense, que conseguiu desarmar e reagiu com gritos intimidadores na orelha do rival.


- Foi para, de repente animar o torcedor, porque o nosso combustível vem de fora. Foi um momento importante, que eu consegui tirar uma bola do lateral-direito deles. Acho que isso é importante, é válido - explicou.

O volante, no entanto, encarou com naturalidade o chapéu aplicado por Samuel Santos e até citou o aniversariante do dia e jogador do Barcelona, Neymar.

- Não tem nada de jogada de efeito. Futebol é isso aí mesmo. Eu sou fã do Neymar e ele só faz jogada de efeito. Acho que faz parte, tem que dar caneta, tem que dar lençol. Por outro lado, o defensor tem que tentar marcar e tentar tirar, como eu faço - afirmou.