Bruno Henrique - Palmeiras

Bruno Henrique deu entrevista coletiva nesta terça (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
17/10/2017
18:33
São Paulo (SP)

Bruno Henrique não quis comentar a possibilidade de reencontrar Mano Menezes, com quem trabalhou no Corinthians em 2014, no Palmeiras. O volante preferiu exaltar Alberto Valentim, auxiliar-técnico que substitui Cuca pelo menos até o fim da temporada.

- Não dá para te responder (sobre Mano), não sei o que vai acontecer, é coisa da diretoria. Eu trabalhei com ele, é grande treinador e aprendi muita coisa, mas estamos pensando jogo a jogo - esquivou-se Bruno Henrique.


Mano Menezes é o plano A da diretoria para 2018, mas ainda não definiu se ficará livre para negociar ou se renovará seu vínculo com o Cruzeiro, que termina em dezembro. O clube mineiro trocou toda a sua diretoria, e os novos dirigentes tiveram uma primeira conversa com o treinador nesta terça. Enquanto isso, Valentim é o comandante.

- Desde quando o Alberto assumiu, estamos fechados com ele. Ele tem um futuro muito grande pela frente, e no que pudermos ajudar, vamos ajudar - disse Bruno Henrique, que vê influências italianas no trabalho:

- A gente nem teve tanto tempo para conversar, mas é claro que, até por ter jogado na Itália, o Alberto leva um pouco o estilo tático italiano. Numa viagem a gente conversou uma vez e ele comentou do Napoli, que tem um estilo de jogo que ele gosta - completou.

O Palmeiras enfrenta a Ponte Preta, às 20h de quinta-feira, no Pacaembu.