Cuca

Cuca disse que Barrios, neste momento, é fundamental (Foto: Cesar Greco)

LANCE!
28/06/2016
22:59
São Paulo (SP)

O técnico Cuca contou alguns detalhes da conversa que teve na tarde desta terça-feira com o atacante Lucas Barrios, com o presidente Paulo Nobre e com o diretor de futebol Alexandre Mattos. Em sua participação no programa Bola da Vez, da ESPN, o comandante admitiu que não concordou com a ida do paraguaio a um programa de TV no início da tarde, mas avisou que a troca de farpas entre eles é um incêndio apagado.

- Ele se sentiu no direito de dar uma resposta pela televisão. Acho que não precisava, falei isso para ele. Poderia ter falado comigo, acertado as coisas ao natural, mas sem problemas. Ele foi educado, não falou nada demais também. Foi um pequeno foco de incêndio que foi apagado. Não é momento disso, vivemos um momento muito bom e vamos precisar do Barrios - disse Cuca, que promete dar oportunidades ao camisa 8 em breve.

- Ficou muito claro. O Barrios é inteligente, sabe que hoje o time está moldado. Hoje ele é fundamental para mim, porque eu não tenho mais o Cristaldo, não tenho o Alecsandro. Hoje ele tem de servir ao Palmeiras e se prontificou a isso. Um baita profissional. O que pode ocorrer, tanto para ele quanto para qualquer jogador, é aparecer alguma coisa boa para ele e para o Palmeiras. Tomara que isso não aconteça e ele possa ir com a gente até o fim.

O atrito entre Barrios e Cuca tornou-se público na noite de segunda-feira, quando o técnico declarou à Rádio Bandeirantes que o atleta havia manifestado o desejo de sair do Verdão. Nesta segunda, o camisa 8 falou ao Sportv que ficou surpreso com as declarações, principalmente as que colocam seu comprometimento em dúvida.

- Eu falei que iria ver se o jogador estava comprometido comigo, para ver se ele teria oportunidades no time. Houve manchetes de que eu disse que ele não tinha compromisso, o que não é verdade. Ele é um profissional muito correto, está sempre conversando com os meninos, como o Erik, tentando ensinar as coisas. A gente espera contar com ele dentro de jogos, quem sabe até na quinta-feira. Isso foi o que eu falei na entrevista - explicou Cuca, antes de salientar que não guarda mágoas.

- O próprio Barrios é consciente, ele sabe que hoje luta por um lugar no time e tem que ganhar com treinamentos e jogos essa posição. A chance vai ser dada, não tenho rancor, não tenho mágoa de ninguém. Ele é uma pessoa boa e vai ter oportunidade comigo.