Nacional (URU) x Palmeiras

Zé Roberto disputa a bola durante a partida contra o Nacional (Foto: Leonardo Carreño/ El Observador)

Thiago Ferri
24/01/2016
08:30
Enviado Especial a Montevidéu (URU)

Depois de seis meses, o Palmeiras voltou a ficar dois jogos sem sofrer gols - desde julho de 2015 isto não acontecia.  Para o técnico Marcelo Oliveira, a solidez defensiva foi um dos pontos altos durante o torneio amistoso que o Verdão disputou em Montevidéu (URU) e ficou no segundo lugar.

- Eu até comentei, a gente tem alguns aspectos claros que podemos melhorar, mas alguns outros foram bons. Tivemos poucos sustos nos dois jogos, alguns chutes mais esporádicos de fora da área. Foi bem a zaga, a linha de quatro, agora a movimentação vamos melhorar com uma semana de trabalho - analisou o técnico Marcelo Oliveira.

Nos dois jogos da Copa Antel, o Verdão venceu o Libertad (PAR) por 2 a 0 e ficou no empate em 0 a 0 com o Nacional (URU) - a derrota veio nos pênaltis. Antes disso, o time só teve uma sequência semelhante sem ser vazado entre os dias 15 e 19 de julho, nos confrontos contra o ASA-AL (1 a 0, pela Copa do Brasil) e Santos (1 a 0, pelo Brasileiro).

Durante a competição amistosa, o Verdão contou com a estreia de Edu Dracena, o zagueiro experiente que a comissão técnica desejava para a Libertadores. Seu parceiro foi Leandro Almeida, já que Vitor Hugo tem um edema muscular e acabou poupado para estar bem até o início do Paulistão.

A expectativa é de que até o jogo contra o Botafogo-SP o camisa 4 já esteja melhor. O Verdão, que desembarca em São Paulo (SP) neste domingo e folga na segunda, enfrentará o Botafogo-SP, no domingo que vem, fora de casa.