HOME - Palmeiras x São Bento - Campeonato Paulista - Morais (Foto: Maurício Hummens/Fotoarena/LANCE!Press)

Morais comemora o seu gol, após o erro de Leandro Almeida (Foto: Maurício Hummens/Fotoarena/LANCE!Press)

LANCE!
04/02/2016
23:34
São Paulo (SP)

Já criticado pela torcida na temporada passada, Leandro Almeida voltou a ser alvo da ira palmeirense após errar duas vezes no segundo gol do São Bento, na noite desta quinta. O jogador deu a bola no pé de Morais dentro da área e depois foi driblado pelo adversário antes da finalização. Embora os jogadores tenham defendido o camisa 44, Marcelo Oliveira avisou que deve tirá-lo do time. 

– Leandro Almeida foi da base do Atlético-MG comigo, conheço, jogou muito bem no Atlético, por isso foi comprado por uma equipe ucraniana e foi muito bem lá. Foi muito infeliz hoje, mas tem o apoio dos colegas. Possivelmente vou dar chance para outro jogador até que o Dracena volte, fazer com que o Leandro trabalhe um pouco mais, se prepare melhor – explicou o técnico.

Contratado a pedido do próprio Marcelo Oliveira no ano passado, Leandro Almeida atuou em todas as partidas da temporada e nos três jogos anteriores fez parte de uma defesa que não tinha tomado gols. Nessa quinta, ele ocupou a vaga de Edu Dracena, que tem uma lesão na panturrilha direita e volta daqui dez dias. Agora, Roger Carvalho é quem deve jogar ao lado de Vitor Hugo.

- Na zaga, temos dois jogadores que poderiam jogar na quarta, o Roger e o Thiago (Martins), que está treinando muito bem. Pela experiência, talvez eu utilize o Roger, dando descanso ao Leandro Almeida, que eu gosto, que os jogadores gostam muito - acrescentou o treinador.

Na saída do gramado no intervalo, Fernando Prass tentou proteger Leandro Almeida e evitar que o jogador falasse com a imprensa. Vitor Hugo e Egídio ainda avisaram que o grupo está fechado com o zagueiro.

– Estamos todos juntos, o erro não vai estragar o ano dele. Ele vem jogando muito bem, passou firmeza nos outros jogos que fez e vamos dar todo o apoio. Ele é um grande jogador e será importante para o ano – disse Vitor Hugo.

- Ele não é menino, o Leandro Almeida vai conseguir enfrentar essa dificuldade. O jogo requer concentração, espírito forte, mas infelizmente ele errou - completou Egídio.