Allione - Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Allione durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
20/09/2016
12:10
São Paulo (SP)

Quando Cuca chegou ao Palmeiras, Allione foi um dos jogadores com mais chances. A artroscopia no joelho esquerdo em abril o fez perder espaço, que ele agora espera recuperar com a chance na Copa do Brasil. Nesta quarta, contra o Botafogo-PB, o Verdão terá uma equipe praticamente reserva.

- Eu tive a sequência antes de machucar e como todos sabem, depois de voltar da lesão o treinador já tinha um time indo bem. Sei que agora tenho que correr atrás e tentar conseguir a vaga que tinha antes de machucar - explicou.

Durante este intervalo, o camisa 15 foi assediado pelo Rosario Central (ARG), mas o Palmeiras não aceitou emprestá-lo. Na época, o meia-atacante foi convencido a continuar. Uma decisão que ele não se arrepende.

- Sei que se eu fiquei é porque o Palmeiras precisa de mim, a diretoria, a comissão técnica gostam de mim. Estou muito feliz aqui, gosto de São Paulo, estou acostumado com a cidade, com meus companheiros. Gostei de ter ficado - acrescentou. 

Com 66 jogos pelo Palmeiras, Allione marcou sete vezes no clube. Nesta temporada, são 20 jogos e cinco gols.