Aos 41 anos, Zia, do Avaí (à direita), vai se despedir do beach soccer em Santos

Aos 41 anos, Zia, do Avaí, se despede nas areias de Santos (Foto: Divulgação/Avaí)

LANCE!
03/01/2017
15:17
São Paulo

A bola vai rolar no Campeonato Brasileiro de clubes de beach soccer (futebol de areia), na praia do Gonzaga, em Santos (SP). Oito clubes de seis estados vão lutar pelo título nacional a partir desta quinta-feira nas areias do litoral paulista. A competição que se encerra neste domingo foi adiada pela Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB) em respeito às 71 vítimas da tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense. O campeonato seria realizado no início de dezembro.

As oito equipes foram divididas em dois grupos e se enfrentarão dentro das chaves em turno único. Os dois que conseguirem a liderança de seus grupos garantem vaga na decisão do torneio, marcada para este domingo. Além do status de campeã nacional, a equipe vencedora será a representante do Brasil na primeira edição da Copa Libertadores, que será disputada no mesmo local, entre os dias 10 e 15 de janeiro.

Em 2012, o Corinthians (SP) venceu o Santos (SP) por 4 a 1 e ficou com o título da competição na arena montada na Represa de Guarapiranga. Gilberto Costa, técnico da Seleção Brasileira, invicta nas 22 partidas disputadas em 2016, assistirá a competição.

Equipes participantes

Avaí: terceiro colocado no Campeonato Sul-Americano se despede de Zia, jogador que mais vestiu a camisa avaiana (43 e 32 gols) aos 41 anos. 

Botafogo: Com a mescla entre experiência e juventude, a estrela solitária conta com o atacante Rodrigo, eleito ‘Revelação’ do beach soccer mundial pela BSWW (Beach Soccer Worldwide), mais um título brasileiro. O ex-Seleção, Gabriel e Bê Botelho, jogador que vestiu a camisa do ‘Glorioso da Areia’ em todas as competições estarão presentes.

Fluminense: o semifinalista do Mundialito 2015 conta com três luso-brasileiros campeões da Copa do Mundo FIFA 2015, os gêmeos Bê e Léo, e o goleiro Elinton Andrade. O baiano Nelito, jogador da Seleção Brasileira, e Benjamin Júnior, filho da ‘lenda’ Benjamin, são outros destaques do Tricolor, que terá ainda Gil e Toinho, com passagens com a camisa amarelinha, e será comandado por Zé Roberto, ex-auxiliar da Seleção Brasileira.

Grêmio: Estreante em competições organizadas pela CBSB, o Grêmio chega credenciado pela conquista invicta da Copa Sul, torneio disputado em fevereiro do ano passado.

Rio Branco: Criada em 2010, a equipe representa na areia o centenário Rio Branco (103 anos). Liderado pelo atacante Bruno Malias, tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira, o o Rio Branco, o ‘Brancão’, tem ainda Diogo Malias e o goleiro Marquinhos, ex-Seleção Brasileira.

Sampaio Corrêa: O Sampaio Corrêa, a ‘Bolívia Querida’, campeã da Copa Brasil São Luís (2016) e vice-campeã da Copa Brasil Manaus 2012, chega com um ataque de respeito composto por Datinha, camisa 10 da Seleção Brasileira, o tetracampeão mundial André e Serginho, também com passagens com a camisa amarelinha.

Sport: Duas vezes vice-campeão da Copa Brasil Manaus (2014-2013) e terceiro colocado no Campeonato Brasileiro sub-23 (2012), o Sport Recife aposta no entrosamento e na força do conjunto para brigar pelo título em Santos.

Vasco da Gama: Campeão mundial em 2011, o Vasco da Gama, campeão da Copa Brasil Manaus em 2012, vice-campeão mundial em 2015 e campeão do Desafio RJ-SP (2010), tem a base formada por jogadores da Seleção Brasileira como Rafael Padilha, Rafinha, Catarino, Bokinha, Mauricinho e Lucão, sob o comando de Fábio Costa, preparador físico do Brasil.