São Paulo 2017 - Jogos Parapan-Americanos de Jovens

Parapan ocorrerá em São Paulo entre os dias 20 a 25 de março

LANCE!
03/01/2017
14:00
São Paulo

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro receberá sua primeira competição internacional, os Jogos Parapan-Americanos de Jovens de 2017. Realizado entre os dias 20 a 25 de março, o evento contará com mais de 20 seleções e cerca de mil atletas entre 13 e 21 anos.

A competição é organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e conta com 12 modalidades: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, vôlei sentado, natação, tênis de mesa, basquete em cadeira de rodas e tênis em cadeira de rodas. Apenas a última não será disputada no CT.

- Temos uma expectativa dupla. Queremos que a delegação brasileira seja muito bem representada e que possamos manter o primeiro lugar no quadro de medalhas, o que fizemos nas duas últimas edições do Jogos Parapan-Americanos de Jovens. Mas também temos de mostrar que o Comitê Paralímpico Brasileiro e o Movimento Paralímpico do Brasil sabem organizar grandes eventos. É a primeira grande competição internacional do CT, então é um batismo de fogo - disse Andrew Parsons, presidente do CPB e vice-presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês).

A capital da Argentina, Buenos Aires, sediou a última edição da competição, em outubro de 2013. Nela participaram 631 atletas de 10 modalidades, de 16 países. O Brasil liderou o quadro de medalhas, com 209 pódios, sendo 102 de ouro. A primeira edição do Parapan de Jovens ocorreu em 2005, em Barquisimeto, Venezuela, com atletas de dez países. Em 2009, 14 nações estiveram presentes em Bogotá, Colômbia.

- Abrimos há pouco o processo de aplicação dos países para os Jogos, então acredito que ao fim de janeiro nós já teremos uma noção exata de quantos países e quantos atletas estarão em São Paulo. No entanto, tudo indica que teremos o maior Parapan de Jovens da história. As instações são incríveis no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, onde quase todas as modalidades serão sediadas. Isso facilita para que haja uma grande atmosfera para os nossos jovens atletas - afirmou Xavi González, CEO do IPC.