NBB CAIXA - De verde, Mogi homenageia Chapecoense e vence Liga Sorocabana

Mogi presta homenagem à Chapecoense na partida contra Liga Sorocaba

LANCE!
07/12/2016
14:40
São Paulo

O Mogi das Cruzes/Helbor teve uma atitude grandiosa e homenageou as vítimas do trágico acidente aéreo da última semana. Na vitória sobre a Liga Sorocabana/Uniso, na última terça-feira , a equipe do Alto do Tietê utilizou um uniforme com as cores verde e branco, inclusive com o escudo da Chapecoense ao centro da camiseta.

Com o mesmo design do uniforme feito para esta temporada, a versão verde da vestimenta mogiana manteve todos os detalhes do modelo padrão e foi usada exclusivamente para a partida desta terça, como uma forma de homenagem às vítimas do acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense e jornalistas brasileiros para a Colômbia, na última semana.

- É triste pensar isso (sobre o acidente), já que nós como atletas viajamos o tempo inteiro. A homenagem valeu a pena, mas não traduz tudo o que aconteceu. Os jogadores tinham uma vida, eram pais de família, era pessoas acima de tudo. Isso que nós fizemos hoje foi apenas uma demonstração perto da grandeza desses verdadeiros campeões - disse o mogiano Shamell.

Vestindo o uniforme especial na cor verde, Mogi precisou suar a camisa para triunfar diante dos sorocabanos. Em seu retorno ao NBB CAIXA após o título da Liga Sul-Americana, a equipe dirigida pelo técnico Guerrinha conseguiu abrir vantagem apenas no minuto final e garantiu a dramática vitória ao lado de sua torcida.

- A gente sabia que ia ser um jogo duro, mas a 'ressaca' pós-título foi bem intensa e nos atrapalhou um pouco. Estávamos ainda com aquela felicidade com nossa grande conquista e isso é natural. Ao decorrer da partida entendemos nossos erros, nos acertamos e soubemos fechar o jogo - analisou Larry Taylor.

Os norte-americanos Shamell e Tyrone comandaram a vitória do Mogi e deixaram a quadra com 21 e 17 pontos, respectivamente. Autor de 14 pontos, sendo todos eles no segundo tempo, o armador Larry Taylor foi outro nome importante pela equipe vencedora.

Apesar da derrota da Liga Sorocabana, o ala/pivô Alexandre Paranhos registrou um expressivo duplo-duplo de 21 pontos e 17 rebotes. Além de quebrar suas marcas pessoais em pontos e rebotes, o jogador de 24 anos estabeleceu o recorde de rebotes desta temporada e também igualou a maior marca de rebotes de ataque da história da competição.

Campo Mourão e Paulistano fazem jogo isolado nesta quarta

Derrotados na última rodada do NBB CAIXA 2016/2017, Campo Mourão Basquete e Paulistano/Corpore tentarão reencontrar o caminho da vitória neste confronto direto pelas oito primeiras posições da temporada. A partida será a única da competição nesta quarta-feira, às 20h15 (de Brasília), no Ginásio de Esportes Belin Carolo.

Sexta colocada ao lado do Gocil/Bauru Basket, com quatro vitórias em sete jogos, a equipe paranaense receberá o time da capital paulista, que tem apenas um triunfo a menos no mesmo número de partidas e divide a décima posição da tabela de classificação com o Franca Basquete/Magazine Luiza.

Em sua primeira temporada dentro do NBB CAIXA, o Campo Mourão faz um início de competição pra lá de positivo. Depois de perderem na estreia, a equipe paranaense foi à estrada e trouxe para casa dois resultados positivos. Nas últimas quatro partidas, os mourãoenses contaram com o apoio de seu torcedor e tiveram duas vitórias (sobre Macaé Basquete e Universo/Vitória) e duas derrotas (contra Flamengo e Solar Cearense).