Arthur Zanetti

A final das argolas será disputada na tarde deste sábado Ricardo Bufolin/CBG

LANCE!
03/10/2017
16:45
Montreal (CAN)

A classificação para a final das argolas no Mundial de ginástica artística de Montreal, no Canadá, não ocorreu da forma que Arthur Zanetti gostaria. Conseguindo a última vaga (14,700), o brasileiro enfrentou outros 112 atletas. A decisão do aparelho, no Estádio Olímpico de Montreal, será neste sábado, a partir das 14 horas (horário de Brasília).

- Hoje está pesando muito a execução. Estou decepcionado com os meus erros. Zero de satisfação com minha prova. Peguei uma final, mas é treinar e tentar ajeitar para que os erros não se repitam na decisão - afirmou o brasileiro, que completa:

- O objetivo de chegar à final foi alcançado, mas não estou satisfeito com minha prova. Agora vamos ver o que precisaremos fazer para a final.

Os oito classificados para a final das argolas foram: Eleftherios Petrounias (GRE), 15,400; Denis Abliazin (RUS), 15,333; Ibrahim Colak (TUR), 15,033; Samir Ait Said (FRA), 14,966; Yang Liu (CHN), 14,800; Courtney Tulloch (GBR), 14,766; Igor Radivilov (UCR), 14,733; e Arthur Zanetti (BRA), 14,700.

Arthur Nory lamenta resultados

Sem se classificar para nenhuma final (participou da barra fixa e do solo) o medalhista olímpico Arthur Nory, através de suas redes sociais, lamentou não ter avançado e agradeceu a todos que o ajudaram durante a recuperação da cirurgia no ombro, realizada logo após os Jogos do Rio.

- A competição não foi boa para mim. Vinha com uma expectativa maior, sabia que tinha chance e não foi dessa vez. Agora é voltar para casa, treinar, o ciclo está apenas começando. Deu para ver como estão os árbitros. Eles estão observando muito a execução com dificuldade. Quero aumentar minha série, dificultar. Se quiser chegar a uma final, não adianta mais fazer uma série simples e bem executada que eles também não vão dar. É preciso dificultar e fazer uma boa execução. Dá para fazer agora um bom planejamento, agora que estou bem do ombro e do tornozelo, fazer uma preparação ainda melhor, uma carga de treino com volume maior - comentou Nory.