miesha tate

UFC

LANCE!
06/03/2016
02:27
Las Vegas (EUA)

Se Holly Holm chocou o mundo ao derrotar Ronda Rousey e conquistar o título, agora foi a vez de Miesha Tate surpreender. A desafiante ao cinturão derrotou a adversária, no UFC 196, por finalização no quinto round, encaixando um mata-leão, e agora é a nova campeã dos galos da organização.

A desafiante usou uma estratégia perfeita para o combate. Sem afobação ou tentando encarar de igual para igual na parte em pé, Tate soube esperar o momento certo para atacar e usar o jiu-jitsu para terminar a peleja.

A luta

O primeiro round foi todo em pé. Do jeito que Holm gosta, a campeã dominou as ações na trocação, se impondo mais e partindo para o ataque. Ela inclusive deixou o rosto de Tate vermelho. A desafiante não se intimidou e usou os contra-ataques, para tentar surpreender, mas sem sucesso.

Já no segundo assalto, Miesha fez o que Ronda não conseguiu. A lutadora derrubou a campeã logo no início e trabalhou bem no solo, nos grounds and pounds e chegou a encaixar um mata-leão no fim. Mas Holly sobreviveu. O terceiro foi morno, com a detentora do título atacando, mas sem incomodar.

Tate tentou encurtar a distância na quarta parcial e buscar a queda, mas sofria com os duros ataques de Holm, que chegou a acertar boas sequências de socos. No último round, a campeã manteve bem a distância com chutes retos. No entanto, Miesha soube aproveitar a brecha e conseguiu a queda. Logo na sequência foi para as costas da oponente e laçou seu pescoço. Holm tentou derrubá-la de volta, mas se deu mal e o golpe encaixou. Nessa hora, Tate apertou mais e apagou a rival, destronando a campeã. 

Com essa vitória, Miesha Tate, depois de duas tentativas, consegue enfim ser campeã dos galos do UFC. A americana agora tem 18 vitórias e cinco reveses na carreira e pode reencontrar Ronda Rousey na sua primeira defesa de título.


UFC 196
Card principal
Nate Diaz finalizou Conor McGregor no 2R
Miesha Tate finalizou Holly Holm no 5R
Ilir Latifi derrotou Gian Villante por decisão unânime
Corey Anderson derrotou Tom Lawlor por decisão unânime
Amanda Nunes derrotou Valentina Shevchenko por decisão unânime
Card preliminar
Siyar Bahadurzada finalizou Brandon Thatch no 3R
Nordine Taleb derrotou Erick Silva por nocaute no 2R
Vitor Miranda derrotou Marcelo Guimarães por nocaute no 2R
Darren Elkins derrotou Chas Skelly por decisão unânime
Diego Sanchez derrotou Jim Miller por decisão unânime
Jason Saggo derrotou Justin Salas por nocaute técnico no 1R
Teruto Ishihara derrotou Julian Erosa por nocaute técnico no 2R