Gilson Kleina não é mais treinador do Avaí. (Foto: André Palma/Avaí S.C)

Gilson Kleina não é mais treinador do Avaí. (Foto: André Palma/Avaí S.C)

RADAR/LANCEPRESS!
10/11/2015
21:12
Florianópolis (SC)

A "ciranda dos técnicos"  fez mais uma vítima no Brasileirão. Pressionado pela má sequência de resultados, o treinador GIlson Kleina foi demitido do comando do Avaí nesta terça feira.  O time catarinense vinha em má fase e não vencia a sete jogos. A série de insucessos teve seu último capítulo no último sábado, no revés para o Atlético-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada. O mau resultado culminou na queda do treinador.

Kleina foi contratado em março deste ano, no lugar de Geninho, para livrar o Leão do rebaixamento no Campeonato Catarinense. A tarefa foi bem sucedida, e, até a 34ª rodada da Série A, Gilson figurava no grupo seleto de técnicos que não haviam sido demitidos no Brasileirão 2015 (Tite, do Cortinhians, Levir Culpi, do Atlético-MG, e Roger Machado, do Grêmio, completam a lista). No entanto, a paciência da diretoria se esgotou, e Kleina deixa o comando do Leão após 34 rodadas disputadas. 

O Avaí é o 16º colocado, com 35 pontos, está às portas da zona de rebaixamento e encara o Joinville nesta quarta, às 21h, na Ressacada.