Romildo Bolza Jr. - Presidente do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Romildo Bolza Jr. diz que clube pode fazer um exagero para trazer um atacante (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

RADAR/LANCE!
01/12/2015
12:29
Porto Alegre (RS)

Com a vaga na Libertadores garantida, o Grêmio já começa a projetar o ano de 2016. Segundo informações do GloboEsporte.com, o Tricolor gaúcho tem três conversas adiantadas com reforços. Segundo o presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior, o que dificulta os acertos é a questão financeira.

- O Grêmio tem três nomes que avalia, examina e conversa, que tenta finalizar. Se tivéssemos dinheiro, já tínhamos finalizado. Não tenha dúvida. A gente negocia com parceiros, investidores, com pessoas que possam contribuir ao clube, discutimos um trabalho de pagamento a longo prazo, participação recíproca dos direitos. Estamos trabalhando de todas as formas – disse o mandatário.


Segundo Romildo, o clube pode abrir mão um pouco da política de austeridade financeira do clube para aumentar o poder de ataque do time. O presidente do Tricolor gaúcho afirmou que a contratação de um atacante finalizar é prioridade no clube e pode pagar um pouco mais por isso.

- A prioridade das prioridades é a finalização. É o que falta hoje ao Grêmio, o detalhe, nossa capacidade de fazer mais gols. Precisamos de um finalizador. Se tiver que fazer algum exagero, alguma extravagância, de um pouquinho de mais arrojo, arriscar um pouquinho mais, vamos arriscar aí – contou o mandatário.

Além de um atacante, o clube também tem como prioridade um meia mais jovem para disputar posição com Douglas. Nomes como Vinícius, que estava no Fluminense, e Lucas Zelarayán, promessa do Belgrado, são avaliados pela diretoria.

A lista do Grêmio ainda tem outra opção para o ataque, uma lateral-direito e um zagueiro. O clube ainda analisa contratar menos peças para o ataque e trazer um lateral-esquerdo.