Paraná x Chapecoense

De pênalti, Nadson fez o gol da vitória. (Rádio Banda B)

Guilherme Moreira
11/05/2016
21:36
Curitiba (PR)

De virada, o Paraná venceu a Chapecoense por 2 a 1 nesta quarta-feira, na Vila Capanema, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Os gols foram marcados por Nadson (2x) pelo Tricolor e Bruno Rangel para o time catarinense.

Atuando diante da torcida, o Tricolor entrou melhor em campo e, organizadamente, tocava a bola esperando a movimentação do ataque. Logo no início, Murilo foi acionado na área, mas quis dominar e não chutar direto, não conseguindo e desperdiçando chance clara.

Calculista, o adversário esperava a brecha no sistema defensivo paranista enquanto se defendia bem, trocando passes curtos. E conseguiu aproveitar aos 19 minutos. Em bobeira de Jean, Hyoran roubou a bola e chutou cruzado para Bruno Rangel, de carrinho, escorar para o fundo das redes. 0x1.

O Paraná sentiu o gol e, afobado, não conseguia encaixar boas jogadas e errava passes bobos ainda em seu campo na construção de jogada. Assim, a equipe só conseguia assustar em bola parada.

E, aos 40, Murilo foi derrubado perto da área. Em cobrança frontal e perfeita, Nadson bateu com muita categoria e a bola entrou no canto direito de Marcelo Boeck, marcando um bonito gol. 1x1.

Na volta do segundo tempo, as equipes voltaram em ritmo devagar e demoraram para dar emoção à partida. Com 16, Thiego cobrou falta com perigo e Marcos teve dificuldades para espalmar. No minuto seguinte, Jean matou o contra-ataque do adversário e, como já tinha um cartão amarelo, recebeu outro e foi expulso. Na sequência, Silvinho mandou uma bomba de fora da área e a bola passou raspando a trave.

Com 23, o Tricolor chegou pela primeira vez na segunda etapa e foi fatal. Lucas Otávio iniciou a jogada, tocou para Murilo e o meio-campista achou Robson, que iria concluir sozinho na área e foi derrubado por Gimenez, que acabou expulso. Nadson foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo e fez. 2x1.

Na reta final, o time catarinense foi para o abafa tentando o empate. Aos 41, Lucas Gomes chutou rasteiro no canto e Marcos fez ótima defesa. No último minuto, Silvinho arriscou de novo de longe e assustou. Bem fechado, o time paranista conseguiu segurar o resultado.

Com o triunfo, o Paraná joga pelo empate ou qualquer vitória em Chapecó - resultados a partir de 3x2, com um gol de diferença para o adversário, também classifica a equipe paranaense. O mesmo placar a favor da Chapecoense leva a decisão para as penalidades. A vaga será definida na partida de volta, no dia 18 de maio, na Arena Condá.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2X1 CHAPECOENSE

Local
: Vila Capanema, em Curitiba (PR)
Data-Hora: 11/5/2016 - 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)
Público/renda: 2.903 pagantes/R$ 51.370,00
Cartões amarelos: Jean, João Paulo (PRC), Neném, Gil, Dener, Rafael Lima (CHA)
Cartões vermelhos: Jean (PRC), Gimenez (CHA)
Gols: Bruno Rangel (19'/1ºT) (0-1), Nadson (40'/1ºT) (1-1), Nadson (23'/2ºT) (2-1)

PARANÁ: Marcos, Diego Tavares, João Paulo, Pitty e Rafael Carioca; Jean e Anderson Uchôa; Murilo (Lúcio Flávio), Nadson e Válber (Lucas Otávio); Robson (Basso). Técnico: Claudinei Oliveira.

CHAPECOENSE: Marcelo Boeck; Gimenez, Rafael Lima, Thiego e Dener; Moisés, Gil, Neném (Cleber Santana), Rodrigo Andrade (Silvinho) e Hyoran (Lucas Gomes); Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira.