Coritiba x Atlético Nacional

Kazim teve um gol anulado antes do Coxa conseguir o empate. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
20/10/2016
01:53
Curitiba (PR)

Sem desistir, o Coritiba buscou o empate por 1 a 1 contra o Atlético Nacional-COL nesta quarta-feira, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. A insistência e a pressão em cima do adversário foram coroadas com o gol no fim do jogo.

Após sair atrás do placar, logo aos 13 minutos, com Borja, o Coxa ficou com um a mais ainda no primeiro tempo. A equipe alviverde, com isso, foi para cima e, mesmo exposta com os perigosos contra-ataques do campeão da Libertadores, não se intimidou. 

- Enfrentamos um time de qualidade espetacular. Eles jogam junto faz algum tempo e têm um grande técnico. Uma equipe de velocidade e técnica refinadas. Eles fizeram um gol de qualidade cedo, usando essa velocidade e passes rápidos - elogiou o técnico Paulo César Carpegiani.

No segundo tempo, com mais volume e povoando o meio-campo com alterações, o clube brasileiro conseguiu levar mais perigo e teve um gol corretamente anulado - Kazim marcou em impedimento. Insistente, o empate saiu aos 40 minutos, com Iago recebendo fora da área e mandando uma bomba no ângulo.

- Levamos o gol e fomos para cima, abrimos o jogo e buscando o gol. No segundo tempo tomamos iniciativa, tivemos muitas chances. Criamos, nos expusemos, jogamos em cima. Havia essa necessidade, buscamos o resultado. Tivemos esse brio, vontade, e foi um belo jogo. Hoje o Coritiba impôs seu estilo de jogo. Temos que ter um cuidado, não é fácil manter essa pressão e defender - completou o treinador alviverde.

Prometendo buscar a classificação, o Coritiba encara o time colombiano na próxima quarta-feira, às 21h45, em Medellín. Qualquer vitória ou empate a partir de 2 a 2 classifica o time brasileiro.