LANCE!
04/10/2016
11:37
Rio de Janeiro (RJ)

Com a temporada chegando ao fim muitos clubes já começam a se movimentar pensando na chegada de reforços para a próxima temporada. Na visão de João Carlos Assumpção, colunista e blogueiro do LANCE!, o Corinthians, por exemplo, não deveria investir tanto no setor defensivo. Para ele a preocupação está em outros setores.

- O Corinthians tem carências tanto no meio-campo, já que não faz bem a proteção à zaga nem tem criatividade para sair jogando nos contra-ataques, ao contrário do que acontecia em outras épocas quando tinha time e elenco mais fortes, quanto no ataque, hoje muito mais frágil do que nos tempos de Paolo Guerrero e Emerson Sheik, por exemplo. Por isso deixaria a defesa com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana - disse Janca.

A partir do meio é que os problemas começam e o colunista já sugere alguns nomes que poderia cair como uma luva no Timão.

- No meio contrataria um volante que fosse forte na marcação e também na saída de bola. Wallace, do Grêmio, tem essas características e seria excelente reforço. Fora que se posiciona muito bem e transmite segurança. Deixaria-o como primeiro volante e usaria Rodriguinho como segundo, ao lado de Marquinhos Gabriel e de um meia como Nenê, do Vasco, que também pode fazer as vezes de atacante, se for o caso. É um jogador muito criativo.

Outros dois reforços seriam Sassá e Blandi. O Sassá, do Botafogo, é ótimo atleta, habilidoso e veloz, e que poderia aparecer no Corinthians como um quinto homem do meio-campo ou mesmo como aquele "1" dos tempos de Tite, o sujeito que fazia a ligação final entre meio-campo e ataque. Já para o ataque gosto de Blandi, do San Lorenzo, que é aguerrido, finalizador e técnico e já foi desejado pelo Corinthians meses atrás - finalizou Janca.

O ESQUEMA: João Carlos Assumpção adotaria um 4-4-1-1. Neste cenário, Wallace ficaria fixo na marcação, com Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Nenê jogariam na criação de joagdas. Caberia a Sassá fazer a ligação com Blandi, referência no ataque.

Seu time teria: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Wallace, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Nenê; Sassá e Blandi

SITUAÇÃO DOS REFORÇOS:

Contratar os nomes pretendidos por João Carlos Assumpção pode não ser tarefa das mais fáceis para o Timão, pois muitos deles têm vínculo longo com seus atuais clubes. Veja abaixo:

WALACE: Tem contrato até junho de 2018 e ganhou aumento do Grêmio após a conquista da medalha de ouro olímpica. O reajuste foi justamente para aumentar o valor da multa rescisíoria e impedir a saída do atleta

NENÊ: Tem contrato com o Vasco até dezembro de 2018. Valor da multa não divulgado, mas é alto

NICOLÁS BLANDI: San Lorenzo comprou 50% dos direitos que ainda pertenciam ao Boca Juniors e estendeu contrato até junho de 2019. Negociação seria complicada

SASSÁ: Tem contrato com o Botafogo até dezembro de 2017. Bom relacionamento entre os clubes poderia ser um facilitador