Flamengo - Rever (foto:Gilvan de Souza/Flamengo)

Réver jogará seu segundo clássico pelo Flamengo que será contra o Botafogo (foto:Gilvan de Souza/Flamengo)

RADAR/LANCE!
12/07/2016
16:55
Rio de Janeiro (RJ)

Na vitória (2 a 0) sobre o Atlético-MG, clube pelo qual fez história como capitão, Réver chegou a sete partidas seguidas pelo Flamengo. Desde que foi contratado, assumiu a posição na zaga e atuou os 90 minutos em todos os compromissos.

Pelo Internacional, em pouco mais de um ano, a maior sequência do defensor como titular foi de seis jogos seguidos. Aconteceu no segundo semestre de 2015, entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Este ano foram de cinco compromissos, logo na abertura da temporada, mas o primeiro deles saindo do banco de reservas.

- Isso mostra que estava pronto para jogar e preparado. Precisava de uma oportunidade e de confiança, o que aconteceu no Flamengo. Fico muito feliz por esta sequência, em poder ajudar e ver a evolução da equipe. Espero que as coisas possam continuar dessa maneira e vou trabalhar para isso - analisou Réver.

Das sete partidas que esteve em campo, o camisa 15 anotou um gol. São quatro vitórias, duas derrotas e um empate. Em quatro duelos o time saiu de campo sem ser vazado.

- Não levar gols é um mérito de todos. Hoje não dá mais para separarmos os setores. Conseguimos em muitos jogos não levar gols e isso é importante, pois lá na frente a gente quase sempre faz ao menos um. Fizemos um bom jogo contra o Atlético-MG, um adversário direto, e agora teremos uma semana cheia de preparação para enfrentar o Botafogo. Será o meu segundo clássico pelo Flamengo e espero que dessa vez possamos sair vitoriosos - finalizou o zagueiro.

Réver atuou nove vezes pelo Inter este ano e agora soma 16 jogos em 2016. Ano passado foram 33 pelo Colorado. Foram 42 compromissos em Porto Alegre e nenhuma vez com mais de seis seguidos, o que em menos de um mês no Rio de Janeiro ele já conseguiu. Sua estreia aconteceu em 15 de junho, em vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, quando deixou a sua marca no Mineirão.