Renato Portaluppi - Grêmio x Atlético-PR

                                   Renato orientando seus comandados durante o jogo (Foto: Jeferson Guareze/AGIF)

LANCE!
22/09/2016
01:19
Porto Alegre (RS)

O início da terceira passagem de Renato Portaluppi à frente do Grêmio teve um herói: o goleiro Marcelo Grohe. Herói que vinha sendo o vilão por conta da falha no gol do Atlético-PR que fez a disputa por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil ser decidida nos pênaltis. E após o jogo na Arena, Renato revelou a "profecia" que dividiu com o camisa 1 ao término do tempo regulamentar:

– Eu falei exatamente o que achei que ele precisava ouvir no momento. Foi infeliz no gol do Atlético-PR, acontece com qualquer jogador de linha também. Mas falei de que vilão iria virar herói. Ele nos salvou. O Grohe seria fundamental, passei tranquilidade e confiança a ele. Falei que seria fundamental – disse Renato, em coletiva.

A classificação veio, mas a atuação tricolor deixou a torcida insatisfeita. Insatisfação traduzida em vaias ao final dos 90 minutos. A missão de Renato será corrigir os erros apresentados. E ele explicou como tentará alcançar tal objetivo.

– Tem o papo, mostrar nos vídeos e orientar no campo do treino. Não tem como dar duas horas de treino na véspera do jogo e aí eles caminharem no jogo. Precisava mostrar algumas coisas no treino fechado. Vamos aproveitar ao máximo o tempo que tivermos – destacou o treinador, antes de completar:

– Vamos mostrar os vídeos quando não der tempo no campo para resolver os problemas. Agora é procurar orientar nas conversas e passar confiança. Vou falar uma coisa: temos garotos inexperientes, mas temos que destacar que jogaram bem e se entregaram.

O próximo desafio do Grêmio de Renato será o duelo contra a Chapecoense, no próximo domingo, às 16h, novamente na Arena, mas pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor tenta voltar a vencer pela competição, já que vem de dois empates e quatro derrotas, ocupando a 11ª colocação, com 37 pontos.