Paulo Victor Reis
15/06/2016
23:37
Belo Horizonte (MG)

O Flamengo conquistou uma importante vitória na noite desta quarta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O Rubro-Negro venceu o Cruzeiro por 1 a 0, com gol do estreante Réver, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A defesa carioca teve boa atuação e conteve a pressão dos donos da casa do segundo tempo. 

Com o resultado positivo, o Flamengo chegou aos 13 pontos, na sétima colocação. Já a Raposa permaneceu com oito, em 16°, próximo à zona de rebaixamento do Brasileirão.

A zaga do Flamengo foi o destaque do primeiro tempo. O Cruzeiro começou investindo em jogadas aéreas, mas esbarrou no bom posicionamento e também nos cortes da nova dupla de defesa do Rubro-Negro: Réver e Rafael Vaz. Arrascaeta tentava organizar o jogo no meio pela Raposa, mas Márcio Araújo e Arão dificultavam a vida dos donos da casa com roubadas de bola.

Investindo nas jogadas aéreas com dois zagueiros altos, o Flamengo chegou ao gol com o estreante Réver. Após cruzamento de Alan Patrick, o zagueiro subiu no 'segundo andar' e testou como manda o manual, no chão, dificultando a vida de Fábio, que nada pôde fazer.

Riascos foi o mais perigoso do Cruzeiro na primeira etapa, mas teve pouca ajuda e ficou isolado, no meio de dois zagueiros.

Como já era previsto, a Raposa voltou pressionando no início do segundo tempo. No entanto, faltava melhor organização. O Flamengo esperava uma oportunidade para sair em contra-ataque e ampliar o marcador.

Mesmo com a natural busca do Cruzeiro pelo gol, o Rubro-Negro não estava sufocado. Na verdade, o setor defensivo do Flamengo demonstrava certa tranquilidade diante da incapacidade do ataque adversário em balançar a rede. Num lance difícil, Marcelo Cirino estufou o barbante após cobrança de falta de Alan Patrick. Porém, a arbitragem assinalou impedimento na jogada.

Satisfeito com a vitória, o Rubro-Negro recuou a partir dos 25 minutos, permitindo a pressão do Cruzeiro. Apesar de alguns vacilos da zaga, a Raposa não aproveitou as oportunidades. Por isso, o jogo terminou com uma importante vitória do Flamengo, a segunda do time fora de casa na competição.

FICHA TÉCNICA: 
CRUZEIRO 0 X 1 FLAMENGO

Local:
Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
​Público e renda: 17.593 presentes / 472.502,00

Gol: Réver, 42'/1°T (0-1). 

Cruzeiro: Fábio, Bruno Ramires, Fabrício, Bruno Rodrigo e Allano; Henrique, Ariel (Mayke, 23'/2°T), Alex (Willian, 14'/2°T) e Arrascaeta; Alisson e Riascos (Rafael Silva, 29'/2°T). Técnico: Paulo Bento.

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Rafael Vaz, Réver e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Cuéllar, 30'/2°T) e Everton (Fernandinho, 23'/2°T); Marcelo Cirino e Felipe Vizeu (Pará, 39'/2°T). Técnico: Zé Ricardo.