Federico Gino Cruzeiro

       Gino nasceu no Brasil, mas foi para o Uruguai com dois anos da idade (Foto: Washington Alves/Lightpress)

LANCE!
02/02/2016
15:52
Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro apresentou mais um reforço na manhã desta terça-feira, em coletiva na Toca da Raposa II. Contratado por empréstimo de 18 meses com opção de renovação após o término do período, o volante Federico Gino, ex-Defensor, exaltou o fato de reencontrar Arrascaeta e prometeu "deixar a alma" em campo em seu retorno ao Brasil. Gino, de 22 anos, nasceu no Brasil, mas foi para o Uruguai com apenas dois anos de idade.

– Sou um volante misto, posso jogar em qualquer posição do meio-campo central. Sou jogador de poucos toques na bola. E, principalmente, deixo a alma em campo – destacou Gino, ao falar sobre suas características.

A coletiva concedida por Gino foi acompanhada de perto por Arrascaeta, novamente companheiro de clube.

– Jogamos cinco anos juntos. Somos unidos dentro e fora de campo. Jogamos no Defensor e na seleção e compartilhamos muitas coisas – explicou Gino.

Gaúcho de Uruguaiana, cidade que faz fronteira com o Uruguai, Gino ainda comentou sobre o retorno para o Brasil.

– Nasci em Uruguaiana. Fui para o Uruguai aos dois anos. Entendo bem o português, mas não falo bem. Sou uruguaio e brasileiro. Tenho descendência italiana também. Sou um pouco de tudo – explicou o volante.

Gino tem o mesmo empresário do também volante Ariel Cabral, o que pesou para a escolha da camisa de número 40, a que foi utilizado pelo argentino na temporada passada – Cabral passou a utilizar a 19.

Além de Gino, o Cruzeiro contratou outros seis jogadores: os volantes Marciel, os apoiadores Sánchez Miño e Matías Pisano e os atacantes Rafael Silva e Douglas Coutinho. O volante argentino Lucas Romero, do Vélez Sarsfield, está próximo de ingressar em tal lista.