LANCE!
16/12/2016
10:52
Rio de Janeiro (RJ)

A busca pelo aprimoramento e conhecimento na Europa tornou-se uma tendência entre os treinadores brasileiros. O preparador físico Luis Fernando Goulart, da Ponte Preta, aproveitou a pausa no calendário nacional e seguiu o mesmo caminho. 

Há quase dez dias no Velho continente, o profissional está ampliando seus conhecimentos e buscando novos conceitos para usar no clube de Campinas.

- Estou buscando pois acredito sempre em estar antenado com o que acontece no futebol mundial. Busco realizar dentro da Ponte Preta uma metodologia de trabalho eficiente para que a equipe tenha uma excelente performance no aspecto físico. Aqui encontrei alguns conceitos interessantes para aprimorar ainda mais essa performance - explicou.

Na Espanha, Luis Fernando visitou o Real Madrid e o Atlético Madrid, e agora está na Alemanha visitando o Bayern de Munique. Teve o que aprender nos três clubes, mas explicou que o conceito utilizado não é uniforme.

- O diferente aqui é muito particular de cada profissional. O preparador do Atlético de Madrid tem uma metodologia, do Real Madrid outra e os italianos do Bayer outra. Mas as riquezas de variações de excercicios foram muito interessantes - contou.

Campeão Goiano em 2014 pelo Atlético-GO, da Copa do Nordeste em 2014 pelo Sport e com passagem pelo Fluminense em 2015, Luis Fernando resumiu o que viu até agora nas viagens e contou o saldo e lição que tirou para encaixar novos métodos em sua filosofia de trabalho:

- Como já realizo nos meus trabalhos, as equipes na Europa fazem os treinos físicos integrados dentro do aspecto técnico, como pequenos jogos. Aqui vendo muitos treinos, vejo que estou na direção certa no sentido de desenvolvimento da condição física do atleta. Os métodos e conceitos que são os diferenciais. Depende da equipe de jogadores que você terá em mãos - finalizou.

Com contrato com a Ponte Preta até fim de 2017, Luis Fernando Goulart é nome certo na comissão técnica do time de Campinas na próxima temporada. Ele estará ao lado do técnico Felipe Moreira, que substitui Eduardo Baptista, que deixou o cargo após boa campanha no Campeonato Brasileiro de 2016.