La Coruña x Barcelona
LANCE!
20/04/2016
16:48
Coruña (ESP)

Um triunfo em seis jogos. Um ponto nos últimos 12 disputados. O Barcelona precisava de uma resposta imediata diante da crise. O objetivo foi alcançado. Vencer o Deportivo La Coruña e garantir mais uma rodada na liderança do Campeonato Espanhol era mais urgente do que reapresentar um bom futebol. Nesta quarta-feira, no Riazor, fora de casa, em grande estilo, os catalães bateram os galegos por 8 a 0, resultado que cicatriza algumas feridas dos últimos dias de turbulência graças a Luis Suárez, autor de quatro gols, três assistências e dono de uma atuação soberba.

Na ponta do torneio com mais quatro rodadas pela frente, os Blaugranas têm 79 pontos. O Atlético de Madrid, segundo colocado, pode igualar, mas fica em desvantagem no confronto direto, primeiro critério de desempate. Já o Real Madrid, terceiro, só pode chegar a 78 nesta jornada. O Deportivo La Coruña, por sua vez, é o 14º, com 38.

Suárez chegou a 49 gols em uma única temporada e superou marca de Ronaldo Fenômeno

No entanto, nem tudo foram flores para o Barcelona. A atuação de Neymar preocupou durante o primeiro tempo. O brasileiro quase não acertou uma jogada com os companheiros do MSN. O craque escorregou, fez cara feia... Nem parecia a joia que vai superar Messi um dia e tornar-se o melhor jogador do mundo. Algo errado acontecia com o camisa 11. No segundo tempo, tudo foi diferente.

Neymar - Deportivo La Coruña x Barcelona
Neymar não marcava há cinco jogos (Foto: Miguel Riopa / AFP)

   O Barça fez um primeiro tempo para não deixar dúvidas sobre a superioridade sobre o adversário. Ao contrário dos últimos jogos, o time estava mais leve, fazendo a bola rolar com paciência. Os gols foram consequência da tranquilidade dos comandados de Luis Enrique. Aos dez minutos, após escanteio, Suárez ganhou a disputa do marcador rival e tocou para a rede. O uruguaio ampliaria mais tarde, recebendo um passe magistral de Messi.

Suárez estava mesmo endiabrado. No início da segunda etapa, ele fez um bonito lançamento para Rakitic emendar de primeira e anotar o terceiro gol do Barcelona. Incansável, o Pistoleiro recebeu de Messi novamente e bateu o goleiro Manu Fernández.

Neymar melhorou na segunda etapa. Soube se infiltrar na defesa do La Coruña para receber a bola e entregar para Suárez o quinto gol do Barcelona. Solidário, o Pistoleiro tocou para Messi meter o quinto dos visitantes. Estava fácil demais!

Bartra, que entrou no segundo tempo, saiu com a bola, não foi alcançado e fez o sétimo. O oitavo foi de Neymar, que não marcava há seis jogos. O brasileiro só teve o trabalho de completar para o gol depois de receber de quem? Suarez!