Zanetti é jogador com mais partidas pela seleção argentina (Foto: AFP)

Zanetti é jogador com mais partidas pela seleção argentina (Foto: AFP)

Mário Boechat
12/11/2015
09:21
Rio de Janeiro 

Nesta quinta-feira, às 22h (de Brasília), Argentina e Brasil se enfrentam pela terceira rodada das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. O duelo, o maior da América do Sul, é cercado de muita rivalidade. E quem conhece bem a atmosfera do confronto é Javier Zanetti, recordista de jogos pelos Albicelestes, com 145 presenças. Só contra a Seleção, o ex-lateral da Inter de Milão disputou 16 clássicos.

O retrospecto de Zanetti contra o Brasil não é bom. Foram apenas quatro vitórias nas 16 partidas. Uma delas, às vésperas da Copa de 1998, é marcante para o ex-jogador.

- Lembro de um jogo no Maracanã, com quase 100 mil pessoas. Ganhamos por 1 a 0, gol de Claudio Lopez. Foi fantástico. Estavam em campo Ayala, Almeyda, Simeone, Batistuta... Foi um lindo momento que nunca vou esquecer - disse.

Além do baixo número de vitórias, Zanetti faz parte de um período sem conquistas da Argentina. Desde a conquista da Copa América de 1993 que os hermanos não sabem o que é ganhar um título (exceção das medalhas de ouro em Olimpíadas). Neste período, Zanetti foi vice para o Brasil em três oportunidades: Copa América de 2004 e 2007, e Copa das Confederações em 2005.

Para ter sucesso dentro de campo, o ex-lateral diz que a Argentina precisa acompanhar de perto os passos de Neymar em campo.

Treino Seleção Brasileiro - Neymar (foto:Ale Vianna/Eleven)
Neymar é a esperança de gols do Brasil (foto:Ale Vianna/Eleven)


- Neymar é um grande jogador. Está demonstrando, não só no Barcelona, que é um jogador que a qualquer momento pode desequilibrar. E a Argentina precisará ficar muito atenta nele.

ZANETTI LAMENTA DESFALQUES

O ex-jogador também falou da lesão de jogadores importantes da Argentina, como Messi, Agüero e Tevez:

- Será uma grande partida, por tudo o que ela significa. É verdade que Argentina não terá nem Messi nem Agüero, mas tem outros grandes jogadores, como Di María e Higuaín. Para o Brasil, a volta do Neymar será muito importante. É sempre um Argentina x Brasil. Só espero que seja um grande espetáculo - comentou Zanetti, antes de se pronunciar sobre quem ganha o clássico:

– Espero que a Argentina vença o Brasil.