Rayo Vallecano x Sevilla

Divulgação/Rayo Vallecano

LANCE!
21/02/2016
10:01

O Rayo Vallecano começou perdendo em casa para o Sevilla, mas Paco Jémez realizou duas substituições ainda no primeiro tempo e viu seus comandados conseguirem arrancar o empate. N'Zonzi e Iborra balançaram a rede para o Sevilla. Já Manucho e Miku fizeram para o Rayo. Apesar das chances para ambos os lados nos minutos finais, a partida terminou com a igualdade em 2 a 2, frustrando os torcedores do Sevilla que imaginaram que o time conseguiria a primeira vitória fora de casa.

Com o resultado, o Rayo Vallecano chegou aos 25 pontos e conseguiu se afastar um pouco da zona de rebaixamento. Já o Sevilla, soma, agora, 41 pontos e se mantém na briga por uma vaga na Liga dos Campões. Na próxima rodada, o Rayo vai visitar o Betis, enquanto o Sevilla terá o líder Barcelona pela frente.

Mesmo fora de casa, o Sevilla começou muito bem e não demorou a abrir o placar. Logo aos 10 minutos, N'Zonzi aproveitou confusão na área e empurrou para o fundo da rede. Logo após o gol, os visitantes mantiveram a blitz, enquanto o Rayo Vallecano se mostrava perdido em campo. Desta forma, o segundo do Sevilla era apenas questão de tempo, e aconteceu aos 20 minutos, com Iborra, sem marcação, aproveitando rebote.

Com esse cenário, apareceu a coragem de Paco Jémez. Antes dos 35 minutos do primeiro tempo, o treinador fez duas alterações e conseguiu mudar a história que vinha se desenhando. Prova disso é que o primeiro gol do Rayo, que aconteceu já no fim do primeiro tempo, veio com Manucho, após passe de Embarba, justamente os dois jogadores que saíram do banco. A equipe da casa, então, foi mais animada para o intervalo.

Na volta para a etapa final, o panorama do primeiro tempo mudou e a partida se mostrou mais equilibrada, mas com o Rayo tendo as melhores oportunidades. E depois de algumas chances, o empate aconteceu. Bebe avançou pela direita e chutou cruzado, o goleiro não saiu e Miku entrou de carrinho para deixar tudo igual e fazer os torcedores presentes explodirem de alegria.

Com o 2 a 2, o jogo ficou completamente aberto, com os dois times criando e chegando próximo ao gol adversário. A zaga do Rayo falhava constantemente, enquanto o Sevilla deixava um grande espaço no meio de campo. Mesmo assim, a igualdade permaneceu no placar.