HOME - Barcelona x BATE Borisov - Liga dos Campeões - Neymar (Foto: Lluis Gene/AFP)

Neymar passa pela marcação dupla do BATE  e comanda vitória do Barça (Foto: Lluis Gene/AFP)

LEONARDO PEREIRA
04/11/2015
19:36
Barcelona (ESP)

Neymar e Suárez formam a melhor dupla do futebol europeu nesta temporada. Os dois sabem, milimetricamente, onde está o outro. Nesta quarta-feira, no Camp Nou, com participação fundamental dos sul-americanos, o Barcelona derrotou o BATE Borisov por 3 a 0. Os dois foram brilhantes e desequilibraram a partida, válida pela Liga dos Campeões da Europa.

Com dez pontos, o time catalão termina a quarta rodada do Grupo E na liderança, com dez pontos. Já a equipe da Bielorrússia amarga a lanterna, com três.

Sem Messi, Neymar é, definitivamente, o dono do time. Ele distribui bolas, dribla, cobra escanteio, falta, chuta de longe e cabeceia. As melhores jogadas passam pelos pés do craque. Nos primeiros minutos, o brasileiro deixou Suárez na cara do gol. O uruguaio pegou mal e colocou para fora. No lance seguinte de ataque do Barça, Munir recebeu do camisa 11 e chutou para a defesa do goleiro Chernik.


O Barça encontrava dificuldade diante de um rival extremamente retrancado. Foi preciso Munir sofrer pênalti duvidoso para as coisas se acalmarem para o lado azul-grená. Neymar, com muita frieza, deslocou o goleiro adversário e meteu no meio, abrindo o placar para os donos da casa.

HOME - Barcelona x BATE Borisov - Liga dos Campeões - Suárez (Foto: Lluis Gene/AFP)
Suárez  errou a primeira e guardou na segunda (Foto: Lluis Gene/AFP)


O time catalão não teve dificuldade para manter o domínio claro do jogo durante o segundo tempo. O erro acontecia sempre no último passe e na finalização. Mas o segundo gol era questão de paciência. Aberto na esquerda, Neymar preparou a jogada para Suárez sair da marcação e definir com estilo.

Na sequência, foi só poupar alguns jogadores e administrar a vitória. Antes, no entanto, Suárez retribuiu o presente de Neymar, deixando o brasileiro na boa para fazer o terceiro do time catalão. O BATE não ofereceu perigo em nenhum momento.

NA ITÁLIA

No Estádio Olímpico, a Roma chegou abrir vantagem de 2 a 0 sobre o Bayer Leverkusen,  cedeu o empate em 2 a 2 aos alemães, mas retomou a vantagem para vencer por 3 a 2. Salah e Dzeko e Pjanic marcaram para os italianos. Mehmedi e Chicharito deixaram tudo igual.

A Roma está na segunda colocação do Grupo três pontos. O Bayer Leverkusen tem quatro e ocupa a terceira posição.