Diego Costa

Jogador adversário nega que tenha sido mordido por Diego Costa (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
13/03/2016
12:08
Londres (ING)

Diego Costa já havia dito que não mordeu Gareth Barry no lance em que foi expulso na derrota por 2 a 0 do Chelsea para o Everton, no último sábado, pela Copa da Inglaterra. Agora foi a vez do próprio rival sair em defesa do brasileiro naturalizado espanhol. Segundo o jogador do Everton, o atacante não chegou a mordê-lo na ocasião.

Vi que muito se falou do incidente que eu e Diego Costa tivemos no jogo da noite passada. Para que se conste, ele não me mordeu – escreveu Gareth Barry em uma rede social.


Após a partida, por meio do Twitter, o Chelsea tinha informado que Diego Costa estava arrependido. O clube também informou que o atacante negou ter mordido Barry.

- Um porta-voz do clube disse: Diego (Costa) falou com funcionários do clube após o jogo e expressou arrependimento pela reação contra Gareth Barry, que o fez levar o cartão vermelho, mas Diego foi muito claro ao dizer que não mordeu o adversário em momento algum da discussão – escreveu a conta oficial dos Blues no Twitter.

Outro que saiu em defesa de Diego Costa foi o técnico Guus Hiddink. O técnico do Chelsea disse que seu comandado foi provocado o jogo inteiro até ser expulso.

- Eu não vi Diego Costa mordendo Barry, por isso acho que merece um julgamento digno antes de qualquer coisa. O que eu sei é que ele foi perseguido pelos adversários o jogo todo, até ser expulso. Estavam na cola dele. O árbitro não precisa proteger, mas eles sabem quando estão provocando um jogador – afirmou o treinador.