Scolari vai disputar o seu terceiro Mundial de Clubes (Foto: Kazuhiro Nogi / AFP

Scolari é o atual treinador do Guangzhou Evergrande (Foto: Kazuhiro Nogi / AFP)

LANCE!
28/01/2016
14:52
Evergrande (CHN)

Felipão está China há apenas sete meses e já foi escolhido o técnico do ano, após levar o Guangzhou Evergrande ao título nacional. Talvez por isso, ele é um dos cotados para assumir a seleção chinesa, que está sem treinador após a demissão de Alain Perrin. Segundo o jornal local "Changjiang Daily", além do brasileiro, mais dois são cogitados: o italiano Marcelo Lippe o espanhol Gregorio Manzano.

O principal favorito é Manzano, atual treinador do Shanghai Shenhua, que ganhou força após a federação local alterar os critérios para a escolha do novo técnico, aceitando que o novo nome não seja, obrigatoriamente, um ex-jogador.

Quem também foi especulado para treinar a China foi o ex-técnico da seleção inglesa, Sven-Goran Eriksson, que comanda o Shanghai SIPG. Porém, o sueco não demonstrou interesse em assumir o cargo.

Alain Perrin era criticado por não ter facilidade de se comunicar com atletas. Além disso, não desfrutava de uma boa fase, uma vez que deixou a China na terceira colocação do Grupo C na segunda fase das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Qatar lidera a chave, seguido de Hong Kong.