Diego Costa

Na última temporada, Diego Costa marcou 22 gols em 42 partidas (Foto: OLI SCARFF / AFP)

LANCE!
18/08/2017
10:43
Rio de Janeiro (RJ)

O "caso Diego Costa" ainda não acabou e, com novidades trazidas nesta sexta-feira, o atacante também não está disposto a ceder às exigências do Chelsea, que ordenou o seu regresso para que treinasse com o time B. Ele está no Brasil, de onde negou um acerto com o Atlético de Madrid e falou dos Blues.

- Não vou voltar para treinar nas reservas. Não fiz nada para merecer isso. Acho que é uma falta de respeito. Vou ficar no Brasil até resolverem a minha situação - afirmou Diego Costa à "ESPN Brasil".


- Não vou deixar o Chelsea decidir meu destino só para ganharem mais dinheiro. Acho que eles têm que ser conscientes e ver tudo que eu fiz - prosseguiu o camisa 19, que reiterou o desinteresse em seu futebol por parte de Antonio Conte. 

O atacante de 28 anos já revelou ter vontade de regressar ao Atlético Madrid, clube no qual brilhou durante três temporadas, conquistando, inclusive, o Campeonato Espanhol (2013/14). Contudo, não descartou outros clubes. 

 - Quando ficamos sabendo que o treinador (Conte), não me queria mais. Meu empresário foi saber se havia interesse no meu retorno ao Atlético. E lógico que, pelo carinho e pelo respeito que adquiri, eles manifestaram o interesse. Mas não pagariam uma fortuna. O Atlético é um time que está crescendo a cada ano, é um time grande, mas não vai pagar uma quantidade fora do normal - contou o hispano-brasileiro, que rechaçou uma possível ida ao futebol chinês, completando:

- Estou assim falando do Atlético, mas pode ser que daqui dez dias mude e eu vá para outro clube. O Atlético não chegou a fazer um esforço para me ter. Posso mudar e ir para um clube que aposte em mim.

Diego Costa não faz parte dos planos de Conte para a temporada 2017/18, e tem treinado sozinho em Lagarto, Sergipe, sua terra natal. Ele tem vínculo com o Chelsea até junho de 2019.