Deschamps (técnico da França)

Deschamps vai comandar a França na Eurocopa (Foto: FRANCK FIFE/AFP)

LANCE!
26/05/2016
22:20
Paris (FRA)

Dono de uma língua afiada, o ex-jogador Eric Cantona vai ter que enfrentar o seu ex-companheiro de seleção francesa Didier Deschamps no tribunal. O atual treinador dos Bleus vai processar o eterno ídolo do Manchester United por ter insinuado racismo por parte do técnico.

Em entrevista ao "Guardian", Cantona foi questionado sobre as ausências de Benzema e Ben Arfa, dois dos principais destaques entre jogadores franceses nessa temporada, na Eurocopa, e se eram os dois melhores do país. E deixou no ar que questões étnicas teriam influenciado Deschamps.

- Por que não? Uma coisa é certa: Benzema e Ben Arfa são dois dos melhores jogadores da França e não vão estar na Eurocopa. E com certeza as origens de ambos são do norte da África. Então, o debate está aberto - disparou.

Filho de tunisiano, Ben Arfa passou por Lyon e Olympique de Marselha antes de ir para a Inglaterra. Jogou pelo Newcastle e pelo Hull e retornou ao seu país para defender o Nice. Foi um destaques da temporada e marcou 17 gols, despertando interesse até do Barcelona.

Já Benzema tem origem argelina, e ficou fora por questões extra-campo. Envolveu-se em uma polêmica com Valbuena, do Lyon. Ele é acusado de ter chantageado o meia por ter posse de um vídeo erótico do colega de profissão. Houve uma campanha na França para que ele ficasse longe da seleção, incluindo alguns políticos.

O advogado de Deschamps já admitiu que vai entrar com uma ação legal contra Cantona. Os dois defenderam juntos a seleção entre 1989 e 1995.

- Eu vou entrar com uma ação civil e criminal para punir estes comentários difamatórios que denigrem a integridade do senhor Deschamps - disse Carlos Brusa ao "L'Équipe".