LANCE!
26/03/2017
18:52
Amsterdã (HOL)

A má campanha da Holanda nas Eliminatórias para Copa do Mundo fez a primeira vítima na seleção. O técnico Danny Blind não resistiu à derrota por 2 a 0 para a Bulgária e foi demitido.

O presidente da Federação Holandesa de Futebol (KNVB), Jean Paul Decossaux, afirmou que era necessária a mudança no comando da seleção, uma vez que a Laranja Mecânica se encontra em uma posição bastante desconfortável na briga por um lugar na próxima Copa do Mundo.

- Temos respeito pelo que Blind representa para nós, mas os resultados falam mais alto e a seleção foi posta numa posição difícil nas Eliminatórias.

6/9 (15h45) - Suécia x Holanda: Após ficar de fora da Euro, a Holanda do técnico Danny Blind estreia nas Eliminatórias contra a Suécia, orfã de Ibrahimovic
Blind comandou a Holanda em cinco jogos (Foto: HANS PUNZ / AFP)

Já o técnico Danny Blind mostrou-se amargurado com a decisão e disse que a Holanda estava em um bom caminho.

- Estávamos na direção certa, o incidente na Bulgária foi culpa minha e aceito todas as responsabilidades, pena que tenha que acabar assim - lamentou.

A derrota para a Bulgária deixou a Holanda em quarto lugar no Grupo A, com apenas sete pontos. A França lidera com 13, seguida pela Suécia, com dez, e a própria Bulgária, com nove.

Blind  assumiu a Holanda em julho de 2015 no lugar de Guus Hiddink, que não conseguiu levar a seleção para a Eurocopa. Em 17 partidas, venceu sete, perdeu sete e empatou outras três vezes.