Cristiano Ronaldo - Prêmio da Fifa

Cristiano Ronaldo levanta troféu de melhor jogador de 2016 (Foto: Fabrice Coffrini / AFP)

LANCE!
09/01/2017
19:35
Zurique (SUI)

Cristiano Ronaldo confirmou nesta segunda-feira o favoritismo e levou o seu quarto título de melhor jogador do mundo. Ele vem disputando a ferro e fogo com Lionel Messi nas últimas nove temporadas: em quatro delas, o português ganhou o troféu. Nas outras cinco, o argentino saiu vencedor.

O camisa 10 do Barcelona não compareceu à festa, assim como os outros jogadores do clube. Em comunicado, os catalães informaram que eles estariam se preparando para o duelo decisivo contra o Athletic Bilbao, pela Copa do Rei, na próxima quarta-feira. Na ida, 2 a 1 para o time basco, no San Mamés. Segundo o jornal Sport, da Espanha, porém, a atitude seria fruto de um mal-estar com a diretoria pelos problemas de arbitragem que a equipe julga estar sendo vítima. 

O português afirmou que a presença de Messi e dos demais jogadores do Barcelona premiados na seleção do ano (Piqué, Iniesta e Suárez, além do argentino) deixaria a festa ainda mais 'bonita'.

- Eu estava confiante que iria ganhar. Obviamente que a presença do Messi e dos outros jogadores do Barcelona deixaria a festa mais bonita, como foi nos outros anos. Mas o Griezmann esteve presente. Eu entendo, tem jogo quarta-feira, um jogo importante, mas isto não afeta de alguma maneira este troféu porque eu ganhei. Me sinto muito feliz, muito contente.

Premio Fifa
CR7 recebe o troféu das mãos de Infantino (Foto: Fabrice Coffrini/AFP)

CR7 lamentou que Zidane não tenha vencido o prêmio de melhor treinador. Nem Fernando Santos, comandante do gajo na seleção de Portugal, conseguiu ficar à frente de Claudio Ranieri, que conquistou o troféu após levar o Leicester ao título inédito do Campeonato Inglês. Cristiano Ronaldo ainda agradeceu aos companheiros de Real Madrid e à família.

- Estou muito feliz e quero agradecer aos meus companheiros de seleção e do Real Madrid e ainda ao meu treinador, que eu gostava que tivesse ganhado também. Fica para a próxima... Quero agradecer também a minha família e ao meu staff, que estão sempre presentes nos bons e maus momentos - disse.

O gajo ainda classificou 2016 como o melhor da carreira.

Zidane - Prêmio Fifa
Zidane não levou para melhor técnico (Foto: Michael Buholzer / AFP)

- O ano de 2016 foi o melhor da minha carreira! Havia muitas dúvidas. Mas esse troféu demonstra que as pessoas não são cegas. Dão os seus votos, veem os jogos e as competições e, depois do que ganhei na seleção e no Real Madrid, não tinha dúvidas de que ganharia. Foi um ano magnífico em nível coletivo e pessoal jamais me esquecerei - comemorou o jogador.

Por fim, Cristiano Ronaldo, que já tem 31 anos, falou por quanto tempo espera atuar em alto nível.

- Vou continuar enquanto me sentir bem, me sentir forte. Trabalho para isso, tento fazer as coisas corretamente. Mas obviamente, o tempo, a idade não perdoam. Não só comigo, mas com todo mundo. O meu objetivo é nos próximos quatro, cinco anos manter o meu nível, como tenho feito até agora. E tentar ganhar mais troféus - afirmou o português, em entrevista ao "Sportv".