Suarez - Barcelona

Suárez marcou mais de 50% dos gols do Barcelona nos últimos quatro jogos (Foto: AFP / CRISTINA QUICLER)

LANCE!
12/05/2016
20:42
Madri (ESP)

Cristiano Ronaldo brigou com Messi pela artilharia do Campeonato Espanhol nos últimos anos. Os dois se revezam no topo, entre recordes e novas marcas. Nesta temporada, o atacante do Real Madrid ganhou um novo rival nesta disputa. Suárez desandou a marcar gols, deixou o companheiro de Barcelona para trás e se colocou como o principal adversário do gajo.

Com apenas uma rodada pela frente, o uruguaio soma 37 gols, contra 33 do português. Dificilmente, neste sábado, fora de casa, contra o Granada, o Pistoleiro perderá a artilharia da Liga Espanhola.


– Para que serve ser o artilheiro do torneio se não formos campeões? Temos 93 ou 94 minutos para fazermos um bom jogo e estarmos capacitados para encarar um rival que nos vai nos receber com orgulho. Estamos preparados para o sofrimento – disse o camisa 9, ontem, em entrevista coletiva.

Ser o goleador de um campeonato nacional não é novidade para Suárez. Em 2013-2014, ele anotou 31 gols na Premier League, levou o Liverpool ao vice-campeonato e acabou escolhido como o craque da competição. O desempenho do astro celeste o acabou levando para o Barcelona, na temporada seguinte.

Desta vez, ficar à frente de Messi não anima tanta o uruguaio.

– Messi sempre marca muitos gols, mas estará ainda mais contente se for campeão – completou.

Suárez está na liderança na corrida pela Chuteira de Ouro do futebol europeu, prêmio dado ao maior goleador das ligas do continente. Cristiano Ronaldo é o segundo colocado, seguido pelo argentino Higuaín, do Napoli, o brasileiro Jonas, do Benfica, e o polonês Lewandowski, do Bayern de Munique.

Cristiano Ronaldo

Se Suárez está prestes a ganhar a Chuteira de Ouro, Cristiano Ronaldo responde nas cifras. O craque segue como o jogador mais bem pago
do mundo. Na temporada passada, o atacante auferiu 72 milhões de euros
(R$ 285,2 milhões).

Com o Barça fora do páreo na Champions, CR7 pode tirar Messi do trono de melhor do mundo.