Bolivia x Paraguai (Foto:AFP)

Marcelo Moreno foi o herói da vitória da Bolívia dentro de casa (Foto:AFP)

LANCE!
15/11/2016
20:05
La Paz (BOL)

Bolívia e Paraguai fizeram um jogo de muita entrega nesta terça-feira, em La Paz, pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. A partida, repleta de emoções e jogadas ofensivas, acabou premiando os bolivianos, mais valentes por terem atuado em boa parte do segundo tempo com um jogador a menos. O gol de Marcelo Moreno (contou com o desvio de Gustavo Gómez) decretou o trinfo por 1 a 0.

Com o resultado, a Bolívia chegou aos sete pontos e deixou a lanterna (Venezuela entra em campo nesta terça-feira e pode superar os bolivianos). Já o Paraguai, que tinha tudo para se aproximar ou até entrar na zona de classificação nesta rodada dupla, amargou nova derrota, permaneceu com 15 pontos na sétima colocação.

Na próxima rodada, que acontece em março do ano que vem, a Bolívia encara a Colômbia fora de casa. Já o Paraguai recebe o Equador em jogo vital para manter o sonho de classificação vivo.

O JOGO

Antes da bola rolar, um momento especial para o capitão Walter Flóres. Ele recebeu um quadro com sua camisa e muitas homenagens, uma vez que o duelo com o Paraguai seria o último pela seleção boliviana. Após as honrarias, o cenário natural dos duelos em La Paz: o lanterna das Eliminatórias utilizando a altitude como arma.

Precisando vencer para ainda esperar um milagre e ter alguma chance de vaga para a Copa do Mundo, a Bolívia dominou boa parte das ações. Com volume ofensivo, criou as melhores chances ofensivas. As melhores saíram dos pés de Marcelo Moreno e Arce. Contudo, os donos da casa perderam Chumacero na reta final do primeiro tempo.

O Paraguai, por sua vez, soube segurar o ímpeto boliviano e, aos poucos, equilibrar as ações. Iturbe foi muito acionado e fez os visitantes cresceram e assustarem nos minutos finais do primeiro tempo. Contudo, o zero no placar persistiu até o intervalo.

O ritmo intenso das duas equipes seguiu no segundo tempo. Inicialmente a Bolívia dava pinta de que iria seguir com o domínio das ações. Contudo, o Paraguai conseguiu inverter esse papel, sobretudo com a velocidade e o volume de jogo produzido por Iturbe.

A situação ficou ainda melhor para a equipe do técnico Arce com a expulsão de Valverde. Os paraguaios tiveram pelo menos três chances claras de abrir o placar. A Bolívia, contudo, foi valente mesmo com um a menos. Em alguns momentos o goleiro Anthony Silva fez boas defesas.

Um vacilo, contudo, acabou sendo fatal para o Paraguai. Iturbe, melhor jogador da partida na altura, perdeu a bola e permitiu contra-ataque boliviano. Marcelo Moreno foi lançado em velocidade, driblou Anthony Silva e ao rolar para o centro da pequena área, a bola pegou em Gustavo Gómez e entrou. O camisa 9 se emocionou muito na comemoração.

Na tentativa de se salvar do vexame, o Paraguai foi para o tudo ou nada. Pressionou, mas não conseguiu nem um empate sequer.  Quase levou o segundo, mas Duk perdeu um gol inacreditável.

FICHA TÉCNICA
BOLÍVIA X PARAGUAI


Local: Hernando Siles, La Paz (BOL)
Data-Hora: 15/11/2016 - 18h (de Brasília)
Árbitro: Christian Ferreyra (URU)
Auxiliares: Mauricio Espinosa (URU) e Gabriel Popovits (URU)
Cartões amarelos: Walter Flórez, Raúl Castro e Valverde (BOL); Iturbe (PAR)
Cartões vermelhos: Valverde (BOL)
Gols: Marcelo Moreno - 32'/2ºT (1-0)

BOLÍVIA: Vaca, Saavedra (Ballivián - 24'/2ºT), Raldés, Valverde e Diego Bejarano; Walter Florés, Raúl Castro, Chumacero (Veizaga - 35'/1ºT) e Jhasmani Campos (Yasmani Duk - 21'/2ºT); Arce e Marcelo Moreno - Técnico: Guilhermo Royos.

PARAGUAI: Anthony Silva, Patiño, Paulo da Silva, Gustavo Gómez e Júnior Alonso; Marcos Rivero, Celso Ortiz, Ortigoza (Óscar Romero - 35'/2ºT), Pérez (Cecilio Domínguez - 29'/2ºT) e Iturbe; Haedo Valdez (Ángel Romero - 24'/2ºT)   - Técnico: Arce.